50 ANOS DE PRISÃO PARA ABUSADOR SEXUAL DE ENTEADA (FILHA)

0 457

Meio século de reclusão para homem que abusou sexualmente de enteado no Vale do Itajaí

Um homem foi condenado a 50 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado, por abusar sexualmente do enteado entre 2013 e 2018. No início dos abusos, o agressor tinha 37 anos e a vítima, seis anos. A criança foi abusada sexualmente pelo padrasto no Vale do Itajaí. A violência sexual só cessou quando a vítima relatou os fatos para a coordenadora de sua escola.

O réu, que tem condenações anteriores por roubo e homicídio, esteve preso entre março e outubro de 2017. Ao ser solto, voltou a abusar da criança. Quando tomou conhecimento da denúncia feita pela vítima, o padrasto empreendeu fuga.


No dia 24 de outubro de 2018 foi localizado e preso preventivamente no Presídio de Campina Grande do Sul, no Paraná, onde permanece até o momento. Da decisão prolatada pelo juízo da 2ª Vara Criminal da comarca de Blumenau ainda cabe recurso. O homem não poderá recorrer da sentença em liberdade. O processo tramita em segredo de justiça para preservar a identidade da vítima – menor de idade.

Fonte: TJSC

NR: “Vagabundo condenado a 50 anos, terá muito tempo na prisão para refletir sobre a monstruosidade que praticou, não há punição neste sistema de justiça que possa recuperar o trauma moral e psicológico causada a vítima de estupro. José Santana – curta e compartilhe sem dó!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.