6º Festival de Voo Livre de Rio do Sul

104

RIO DO SUL – A beleza do Alto Vale por um prisma diferente. Neste final de semana( 25 e 26) será realizado o 6º Festival de voo livre de Rio do Sul. A expectativa de público é de cerca 500 pessoa e 100 pilotos de todo o Estado.

O festival tem dois objetivos: divulgar o esporte no Alto Vale, mostrar que é um esporte seguro e acessível para todos. E mostrar Rio do Sul para os pilotos desta modalidade, colocar o município no mapa do esporte.

Voo Duplo

A rampa fica no Bairro Bela Aliança, no Morro do Tschumi. No local, alguns optam por apenas apreciar a vista e a beleza dos voo, já outros encaram a adrenalina nas alturas. “O acesso ao festival é gratuito. E quem quiser fazer voo instrutivo basta ser maior de idade. Ou acima de 16 anos, com a autorização e presença do responsável. E o custo é apenas R$ 100”, explica o organizador Edelcio Mello.

Para quem não tem preparação para fazer os voo individuais há a opção dos duplos, feito com pilotos experientes, garantindo assim a segurança. Os equipamentos usados são homologados, e passam periodicamente por vistorias.

Atração

Entre os pilotos que participarão desta edição está Fernandinho Sebben, de Jaraguá do Sul, que participou também no ano passado. O atleta de parapente é conhecido por suas audaciosas manobras no ar. Mais que hobby, para ele a modalidade é também trabalho. Sebben voa há mais de 20 anos e já competiu fora do Brasil, além de ter treinado com os melhores pilotos do mundo, na Europa. “Eu desenvolvo uma modalidade chamada acrobacia. É um voo mais técnico, que exige concentração. Trabalho no limite do equipamento, preciso conhecer cada ponto dele. As manobras são lindas”, afirma o piloto.

Durante o festival acontece uma competição, que premia os três voos de maior duração. No ano passado o vencedor ficou cerca de seis horas voando. O evento tem início no sábado, 25,  às 9h da manhã e segue até domingo, 26, com início às 10h.

Comentários estão fechados.