Abertura do Festival Literário de Itajaí terá painel com escritores indígenas, contação de história e sarau

0


O 4º Festival Literário de Itajaí (FLI) começa nesta sexta-feira (26) com um bate-papo, às 18h, entre a equipe da Fundação Cultural de Itajaí e a Câmara Setorial de Literatura, no perfil do evento no Instagram (@festivalliterariodeitajaisc). Após a conversa, as atividades ocorrerão no canal do YouTube da Fundação Cultural de Itajaí (youtube.com/fundaçãoculturaldeitajaí). A partir das 19h, ocorre o primeiro painel do evento, seguido de uma contação de história para adultos e um sarau literário.

O painel “janelas no tempo” será às 19h, com transmissão ao vivo, tendo como convidados Daniel Munduruku, escritor e professor paraense, pertencente ao povo indígena Munduruku, e Julie Dorrico, pesquisadora e curadora de literatura indígena, pertencente ao povo Macuxi, com mediação do escritor André Soltau, neto de Charrua.

Por volta das 21h, no “abre a janela que eu te conto” (contação de história para adultos), o ator Marcelo Souza apresenta “Contos Notívagos, com Rick Correa”. O conto apresentado será “Luciano, o voador”, do livro Crônicas de Algel Gris, de Alejandro Dolina. Logo em seguida, próximo das 21h15, a editora Traços & Capturas assume a condução do “sarau nas janelas”.

Saiba mais sobre os convidados e a editora participantes da primeira noite do 4º FLI:

Daniel Munduruku
É escritor, ativista e professor paraense, pertencente ao povo indígena Munduruku. Autor de 54 livros publicados no Brasil e no exterior, é doutor em Educação e pós-doutor em Linguística. Já recebeu vários prêmios nacionais e internacionais por sua obra literária.

Julie Dorrico
Pertence ao povo Macuxi (RR). É doutora em Teoria da Literatura (PUCRS), pesquisadora e curadora de Literatura Indígena. Autora da obra “Eu sou macuxi e outras histórias” (Caos e Letras, 2019).

André Soltau
É historiador, mestre em Educação, escritor com mais de 15 títulos publicados e editor da Traços & Capturas, de Itajaí.

Marcelo Souza
É diretor e ator animador teatral há 29 anos. Como integrante da Cia Experimentus Teatrais dedica-se a diversos projetos de formação e circulação.

Editora Traços & Capturas
Fundada em 2011, a editora direcionou suas ações para novos autores, criou possibilidades de publicações de modo cooperativo, trabalhando com pequenas tiragens para promover a circulação e estimular suas primeiras publicações. Possui dois selos editoriais.

As atividades do 4º FLI seguem até o dia 05 de dezembro, de forma on-line e presencial. A programação completa está disponível aqui.