Aluno de Porto Belo é selecionado para Conferência em Brasília

37

Após passar pela fase Municipal e regional, o aluno João Vitor Sarate, matriculado no 9º01 da Escola Básica Municipal Olinda Peixoto, em Porto Belo, foi selecionado na Conferência Estadual para ser um dos representantes do Estado na V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que tem como tema: Vamos cuidar do Brasil, cuidando das nossas águas. O projeto, intitulado “Lixo que Navega” tem como representante suplente a aluna Stefanie Ligia Avante.

Os alunos, acompanhados dos professores, estiveram no Centro Administrativo conversando e contando a experiência para a secretária de Educação professora Rosane Grauppe e presidente da Fundação do Meio Ambiente Ana Paula Buun, que na oportunidade, representaram o prefeito Emerson Stein e vice-prefeito professor Elias Cabral, que cumpriam agenda fora da cidade.

A etapa Nacional da Conferência acontece nos dias 15 a 19 de junho em Brasília e com apoio da escola e da família, João Vitor já está se organizando para a viagem. “Nós apresentamos um projeto que conscientiza as pessoas a tomar cuidado com o lixo, a não jogar o lixo na rua e isso é muito importante. Temos conhecido muitas pessoas e vivenciado uma experiência muito boa de troca de informações. Eu espero que nosso projeto seja reconhecido em Brasília e que as pessoas possam entender as consequências de jogar lixo na rua. Espero que seja acima de tudo, muito divertido” – diz João Vitor.

O projeto consiste em conscientizar equipe escolar e comunidade a não deixar lixo na rua e em terrenos baldios. A ideia surgiu baseada na enchente que atingiu a cidade em janeiro deste ano. Entre as atividades desenvolvidas esteve o estudo do tema em sala, a produção de faixas para conscientização, caminhada pelas ruas próximas da Unidade Escolar, palestras na escola e comunidade e outras ações, buscando sempre a conscientização da comunidade sobre as consequências ambientais e sociais, que o descarte irregular do lixo podem causar.

O trabalho teve como equipe responsável, além da gestora da escola Norma Beatriz da Silva, o professor de geografia Ricardo Acácio Dalago, a professora de ciências Tiami Pimentel e a professora de artes Giane Fischer. Os alunos também tiveram a supervisão dos professores Ildo Elicker e Solange Bennert Alves.