AUDIÊNCIA PODERÁ COLOCAR LULA (PT) E LUCIANO DA HAVAN FRENTE A FRENTE

0 1.188

Ontem, 09/02, a juíza Anuska Felski da Silva, titular da 2ª Vara Cível da comarca de Navegantes, marcou para o dia 29 de junho, a partir das 13 horas, a audiência de conciliação que pode colocar frente a frente um ex-presidente da República e um empresário catarinense.

O ex-presidente acionou judicialmente o empresário da região do Vale e pede R$ 100 mil por danos morais, sob a alegação de que este patrocinou aviões para sobrevoar o litoral catarinense no último verão com faixas que traziam mensagens ofensivas ao político.

A audiência só não acontecerá se existir manifestação expressa de ambas as partes quanto ao desinteresse na composição, com até 10 dias de antecedência. Em caso contrário, o não comparecimento injustificado dos envolvidos ou de seus representantes habilitados para negociar implicará a incidência de multa de até 2% sobre o valor da causa. fonte TJSC.

Entenda o caso: No dia 28 de dezembro, o empresário publicou um vídeo no Twitter que mostra uma aeronave puxando a faixa “Lula cachaceiro devolve o meu dinheiro”.

No dia 1º de dezembro, Hang anunciou no Twitter que bancaria as “mensagens patriotas” pelo litoral catarinense, e pediu sugestões de frases como “Lula na cadeia, eu com pé na areia” e “Lula enjaulado é Brasil acordado”.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entrou com um pedido de liminar contra Luciano Hang, dono das lojas Havan, para que fosse proibido de custear e exibir mensagens ofensivas ao petista pelas praias de Santa Catarina, O pedido liminar foi negado pelo juiz Fernando Machado Barboni

Até o fechamento desta edição, não houve de ambas as partes qualquer manifestação quanto a desistência da Audiência prevista para dia 29/06 em Santa Catarina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.