Bolsonaro e Moro inaugura império fundado pelas armas

0 295

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, saiu em defesa, nesta terça-feira, 15, em entrevista à GloboNews, do decreto do governo Jair Bolsonaro que flexibiliza a posse de armas em todo o País. Disse o ministro Sérgio Moro, que está é a primeira medida do presidente Bolsonaro em relação ao compromisso de campanha de flexibilizar o acesso da população em geral às armas.  Bolsonaro já afirmou que futuramente flexibilizará também o porte, isto é, a possibilidade de deslocamento da arma. O Sérgio Moro afirmou que a ‘flexibilização, até pelas críticas que recebeu, é uma flexibilização limitada

Desde o decreto e mesmo na pré-campanha não houve um debate sério para atacar as raízes da violência. Os cidadãos são educados para a vida em sociedade, aprendem a conviver pacificamente e a ter oportunidades de crescer, profissionalmente.

Como o problema da segurança pública no Brasil é algo que já está em estágio avançado, cabe às autoridades brasileiras reestruturar o sistema carcerário brasileiro e a investir mais em nossas escolas. Mais do que a segurança pública, a educação pública brasileira clama e geme por mais investimentos e uma atenção especial e diferenciada. As crianças brasileiras precisam ser educadas para a vida e para conviver em sociedade.

Os professores precisam ser valorizados, pois, eles são os instrumentos que vão formar o futuro da nação. Sobretudo, a educação ser bem estruturada e qualificada, está é a melhor arma contra o aumento da taxa de criminalidade.

Enquanto, no plano das respostas estatais, viceja o pensamento mágico. Em um extremo, os que querem “acabar com o crime a bala” propondo soluções populistas, a exemplo da utilização da posse de arma como ferramenta de combate a violência, se não um escárnio total, estamos, então à beira da falência civilizatória.

A fala do ministro Moro, não encontra respaldo pelo contrário inaugura o império das armas, “A política anterior não resultou em uma diminuição significativa de redução dos homicídios no brasil. Se fosse tão exitosa a política de desarmamento, o país não teria batido ano a ano recordes no número de homicídios” concluiu Sérgio Moro.

Data vênia, doutor Sérgio Moro, exitosa é falta de investimentos na educação, exitosa é relaxamento na fiscalização e no combate as quadrilhas que cruzam com armas, drogas a todos os minutos por portos, aeroportos e pelas fronteiras secas de norte a sul do país. Exitosa é a falta de políticas públicas eficientes e estratégicas nas polícias técnicas judiciárias, ostensiva e inteligente.

Os senhores foram eleitos para trazer soluções e não ocupar “exitosamente” os espaços de mídia para culpar os governos anteriores pela tragédia de centenas de anos de abandono em todas as áreas, “isso é declarar incompetência”, visto que os números mostram que os países que investiram em educação, em escolas, e não em armas e presídios, estas nações, cujo “investiram em educação” hoje estão colhendo os frutos dos avanços da civilidade.

Enquanto, sua excelência tem mais para um “amador” no plano estratégico de combate a violência, anos de magistratura não lhe mostrou que apenas a Educação, Educação, Educação é o caminho que molda a evolução de uma civilização, quero mais, lhe aclarar vosso juízo, com frase de um colega vosso, viveu na França de 18 Jan 1689 // 10 Fev 1755//Filósofo/Jurista,   “Um império fundado pelas armas tem de se manter pelas armas” Montesquieu.  Sua fala só poder vir de uma ideia desorganizada e com fundamentos distorcidos.

José Santana

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.