Campanha de Vacinação contra a gripe é antecipada em Santa Catarina

0 338

SC receberá 2,5 milhões de doses da vacina contra a gripe

Conforme anunciado pelo Ministério da Saúde (MS), por conta da pandemia do coronavírus (COVID-19) e dos casos confirmados no Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza (gripe), que costuma ser realizada em abril, foi antecipada para o dia 23 de março. A mobilização segue até o dia 22 de maio, sendo 9 de maio, sábado, o dia “D” de imunização.

A gerente de imunização da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, esclarece que a vacina contra a gripe não imuniza a população contra o coronavírus. “A antecipação da campanha é uma estratégia que será utilizada pelo Governo Federal para facilitar o trabalho das equipes de saúde no diagnóstico do coronavírus. Isso porque os sintomas da Covid-19 são muitos semelhantes aos da gripe”.

Em Santa Catarina, o público alvo é de 2.271.314 pessoas e, assim como em anos anteriores, a campanha será dividida por grupos prioritários. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um dos grupos. A novidade para este ano é a inclusão de mais um grupo na campanha, os adultos com idade entre 55 e 59 anos. Até o ano de 2019, a vacina só estava disponível para os adultos com 60 anos ou mais.

Para a Campanha, o estado vai receber um total de cerca de 2.570.800 doses. Crianças vacinadas pela primeira vez vão receber duas doses, com um intervalo mínimo de 30 dias entre elas. A vacina oferecida neste ano será a trivalente que protege contra o vírus H1N1, H3N2 e vírus do tipo B.

As etapas da Campanha de Vacinação contra a gripe serão as seguintes:

– 1ª fase (a partir do dia 23/03): idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

– 2ª fase (a partir do dia 16/04): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

– 3ª fase (a partir do dia 09/05): crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade.

Estado teve 70 mortes por gripe no ano passado

De acordo com dados da Dive/SC, 70 pessoas morreram em Santa Catarina no ano passado vítimas do vírus influenza. A maioria das mortes foi registrada entre pessoas acima de 60 anos (34 casos), seguida pelas faixas etárias entre 50 e 59 anos (20 casos), 40 a 49 anos (9 casos), 30 e 39 anos (3 casos), 10 a 19 anos (2 casos), 20 a 29 anos (1 caso) e 5 a 9 anos (1 caso).


Estimativa de vacinação por grupo prioritário:

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA 2020
PÚBLICO-ALVO ESTIMATIVA DE VACINAÇÃO
Crianças de 6 meses a 5 anos 11 meses e 29 dias  471.184
Trabalhadores da saúde 134.793
Gestantes 71.524
Puérperas (até 45 dias depois do parto) 11.752
Povos indígenas 11.459
Adultos de 55 a 59 anos 303.203
Idosos com 60 anos ou mais 670.228
Pessoas com comorbidades 490.452
Professores de escolas públicas e privadas 76.775
Jovens sob medidas socioeducativas e privados de liberdade 16.400
Funcionários do sistema prisional 3.981
Forças de segurança e salvamento 9.563
TOTAL 2.271.314

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.