CANOINHAS: OPERAÇÃO “REFRENATA” DA DIC DE CANOINHAS PRENDE NOVE SUSPEITOS DE ASSALTOS E DE TRÁFICO EM SC E NO PR

0 426

Canoinhas: A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Canoinhas realiza nesta quarta-feira (11) a Operação Refrenata para prender suspeitos de roubos e de tráfico de drogas em Santa Catarina e no Paraná. Até por volta das 12h30min, haviam sido presas nove pessoas.

Segundo o delegado da DIC, Welliton Marlon Bosse, a investigação, começou em março de 2019 e desarticulou organização criminosa responsável pela prática de violentos roubos na região de Canoinhas. “Os delitos eram articulados e executados por criminosos organizados na prática de crimes patrimoniais para posterior fomento dos crimes de tráfico interestadual e internacional de drogas, associação para o tráfico de drogas, adulteração de veículos, lavagem de capitais, entre outros”, afirma o delegado.

A operação cumpre 13 mandados de prisão (preventivas e temporárias), além de 12 mandados de busca e apreensão, nas cidades paranaenses de União da Vitória, General Carneiro, São Matheus do Sul, Paulo Frontin e Mercedes, esta última localizada às margens do Rio Paraná, na fronteira com o Paraguai, diligência cumprida por policiais civis de Canoinhas e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas da DEIC.

Em Santa Catarina, houve uma prisão em Jaraguá do Sul. Foram apreendidos vários objetos relacionados aos crimes investigados, além de armas de fogo e munições. 

Os trabalhos foram desenvolvidos com auxilio operacional da Delegacia Regional de Porto União (DIC e SIC), da Divisão de Investigação Criminal de Mafra (DIC), Divisão de Investigação Criminal de Jaraguá do Sul (DIC), Polícias Civil e Militar do Paraná, DEIC/SC e COPE/PR.

Refrenata, em latim, significa repressão, objetivo primordial da Polícia Civil de Canoinhas, que rotineiramente realiza trabalhos de polícia judiciária resultando na solução de crimes graves e prisões de pessoas de alta periculosidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.