Capital lança plataforma para acesso aos dados da Covid-19 em tempo real

0 16


.

Proporcionar mais transparência nos dados da pandemia na Capital e facilitação do acesso às informações pela população de forma clara e precisa. Esses sãos os principais objetivos do Covidômetro, uma plataforma online para acompanhamento da pandemia da Covid-19, que foi apresentada pelo Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro em LIVE no Facebook na tarde desta sexta-feira, 22. Pelo link http://covidometrofloripa.com.br o usuário terá acesso, de forma simplificada, ao status da situação das restrições em que a cidade se encontra, panorama geral do número de casos suspeitos, confirmados, óbitos, utilização dos leitos (livres e ocupados), últimas notícias sobre o enfrentamento da pandemia, entre outras informações.

“Com a facilitação do acesso e disponibilização das informações precisas em tempo real, a população poderá analisar cada dado e informação pertinente à pandemia, conseguindo portanto, entender rapidamente a complexidade da situação e comparando por si só, os dados reais, às providências que estão sendo tomadas pela administração municipal”, explica o Secretário de Saúde de Florianópolis, Carlos Alberto Justo da Silva.

Dados ainda mais específicos também poderão ser encontrados. Uma nova sala de situação foi programada para proporcionar ainda mais precisão nos dados, que agora poderão ser visualizados de forma mais clara. Clicando na aba “Informações em tempo real”, por exemplo, além das informações básicas de casos confirmados e óbitos, por exemplo, o usuário terá acesso ao número de casos descartados; em análise; recuperados; internados; gráficos de porcentagem aceleração das notificações emitidas e dos casos confirmados, bem como os gráficos comparativos dos mesmos; casos confirmados por região e bairros; além de mostrar as datas do aparecimento dos primeiros sintomas e atividades econômicas que estão em funcionamento e as que estão fechadas.

“Estamos vencendo batalhas, mas ainda não vencemos a guerra. Se afrouxarmos as medidas, a contaminação pode vir com força total e causar óbitos e colapso no sistema se saúde. Ainda não é o momento para aglomerações e festas. Peço a colaboração de todos para continuarmos tendo bons resultados. Se puder, fique em casa”, concluiu Gean.


<!–

–>

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.