Chafariz do Mercado Público volta a funcionar após restauração

0 111

Objeto histórico foi entregue em cerimônia nesta sexta-feira (22)

O Mercado Público Velho recebeu, nesta sexta-feira (22), a entrega das obras de restauro e conservação do chafariz Escultor Luigi Collares. Por volta das 20h, foi acionado o funcionamento da estrutura hidráulica da peça. Após a cerimônia de entrega da restauração, o publicou terminou a noite ao som de muito forró com o Trio de Maria.

“É com muito orgulho que recebemos essa restauração, nós da família só temos a agradecer. É muito bonito ver nossa história permanecendo durante o passar dos anos”, contou Paulo Collares, bisneto do escultor do chafariz.

O evento ainda contou com a presença do tataraneto do escultor do chafariz, que carrega seu nome, Luigi Collares, com apenas 40 dias de vida. Participaram do ato, o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, o superintendente administrativo das Fundações, Normélio Pedro Weber, a diretora da Casa da Cultura Dide Brandão, Andresa Werner, o arquiteto responsável pela obra, João de Barros, o restaurador, Oyamar Achcar, e Paulo Collares, representando a família de Luigi.

“Sou um admirador do chafariz e é muito bom voltar ao Mercado Público Velho, ver ele restaurado e, principalmente, conservado. É um momento importante na história da nossa cidade”, comemorou o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Restauração

A peça histórica recebeu higienização, decapagem mecânica e química, remoção e desprendimento de intervenções inadequadas, além do conserto de fissuras e rachaduras, do sistema hidráulico, reconstruções volumétricas, acabamento, desmobilização e pintura. A empresa responsável pela obra foi o Atelier Ventos do Norte, do Rio de Janeiro (RJ) e o restaurador Oyama Achcar Pancotti. O investimento do município foi de R$ 17.400,00.

“Nós estamos muito felizes com o restauro. O chafariz é uma peça muito linda da história do Mercado Público e do município. Foi um trabalho intenso, mas muito recompensador poder vê-lo funcionando novamente”, contou Normélio Pedro Weber, superintendente das Fundações.

Patrimônio histórico

Com características de construções ibéricas, o chafariz fica no centro do pátio interno do Mercado Velho de Itajaí. A peça, característica da arquitetura europeia do prédio histórico, foi construída artesanalmente pelo imigrante Luigi Collares, em 1917. O chafariz chegou a passar por uma restauração, mas havia parado de funcionar em 2013, devido a problemas hidráulicos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.