COMANDANTE DA PM DE MAFRA SE CONTRADIZ EM ENTREVISTA A JORNALISTA

0 672

CASO QUEBRA PERNA: Hoje às 18h30min, live ao vivo, comandante da PM de Mafra, Tenente Coronel Marcelo Pereira, se contradiz em entrevista, na nota divulgada ele diz que a “mesma pessoa” em tese, a Silvana avançou com facão contra policiais, depois do vídeo caseiro revelado nas redes sociais e pela imprensa, mostra o contrário, mulher se entregando voluntariamente.

Todos os desdobramentos deste caso, os detalhes da operação que visava prender um meliante em fuga, apontas falhas graves de policias que no afã de cumprir suas ordens entraram em outra residência sem ordem judicial, agredindo, crianças e mulheres com spray de Pimenta, ao final quebraram a perna da dona de casa Silvana (39).

Em entrevista a um canal de imprensa de Mafra, Silvana, diz que não havia nenhum foragido na sua casa, que a pessoa que eles estavam procurando estava em outro imóvel, que ela e nem sua família nada tinham a ver com a fuga do homem procurado. Na nota publicada pelo Comandante e tenente coronel Marcelo, ele escreveu que “Um dos envolvidos chegou a passar uma corrente e um cadeado no portão do terreno deixando a guarnição sem condições de sair com segurança”.   Segue a nota, “deixando claro o intento de investir contra a vida dos policiais militares”. (Esta mesma pessoa), de posse de um facão foi na direção dos policiais militares que utilizaram gás de pimenta e conseguiram conter o agressor. 

Pergunta, quem era a “mesma pessoa” se refere MARCELO PEREIRA, Tenente Coronel PM?. Se ela existe, tinha que ser detida, se não está presa, não existia facão durante a operação, cadê a arma apreendida, em tese, contiveram “um homem” com um facão em mão, com gás de pimenta!  Já a mulher Silvana, que nada tinha em mão e se entregou voluntariamente quebraram a perna?.

Veja também a íntegra na matéria, vídeo e nota da PM: https://www.folhaestado.com/mulher-tem-perna-quebrada-em-abordagem-da-pm/

Veja ao vivo live, partir das 18h30h  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.