Décio Lima defendeu criação do SUSC para resolver o problema da saúde

22

Candidato ao governo de Santa Catarina apresentou sua proposta para a saúde, durante entrevistas para a mídia regional

 Florianópolis – O candidato ao governo de Santa Catarina, Décio Lima, assumiu compromisso de criar o Sistema Único de Saúde de Santa Catarina (SUSC). Trata-se de um sistema integrado que unificará as políticas promovidas pelo SUS, a saúde básica de responsabilidade dos municípios e a rede hospitalar catarinense, seja, a pública ou a filantrópica.

O objetivo é zerar as filas e ampliar o atendimento na saúde. A proposta foi apresentada hoje, dia 28, durante entrevistas a Acaert, Adi e Adjori, em Florianópolis.

“Nós temos 500 mil catarinenses na fila aguardando atendimento de saúde. Nós vamos pôr fim a este flagelo”, afirmou.

O candidato alertou que ao analisar o diagnóstico da saúde no estado, que hoje tem uma dívida de R$ 1 bilhão, evidencia-se um problema grave de gestão, planejamento e isonomia.  Segundo Décio Lima, é preciso desburocratizar a Saúde.

“O primeiro passo é cumprir o mínimo de investimento em Saúde, previsto em lei e que não é cumprido pelo atual governo. Além disso, nós vamos ter um aplicativo no SUSC para que o catarinense possa marcar consultas, solicitar remédios e medicamentos e acompanhar seu histórico de atendimento de forma online. Com o SUSC vamos poder dar um pronto atendimento a altura do que merece o povo catarinense”, afirmou.

O candidato alertou que como deputado federal votou contra o congelamento do orçamento da saúde e da educação, por 20 anos, proposta do governo Temer. “Os candidatos do Temer ao governo de Santa Catarina votaram a favor de não haver mais recursos para a saúde”, declarou.