Defesa Civil contabiliza 130 ocorrências após temporal

0 33


.

Até o início da noite desta quarta-feira (1º), a Defesa Civil foi acionada para atender 130 ocorrências provocadas pelo ciclone que passou por Itajaí. Há ainda os estragos provocados sem que o órgão tenha sido chamado. A Defesa Civil contou com o apoio da Secretaria de Obras, Codetran, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar para atender a população de todas as regiões da cidade. Em nenhuma ocorrência houve registro de vítimas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Itajaí, Raphael Catarina, os bairros São Vicente (23), Cordeiros (22) e São João (16) foram os mais atingidos. Quedas de árvores sobre residências, vias públicas, fiação elétrica ou em terrenos corresponderam a 47% do total, com 61 ocorrências registradas pela Defesa Civil. Os casos de fiação elétrica sobre via pública representam 19% das ocorrências com 25 registros. Também foram atendidas 19 situações entre destelhamentos, desabamentos e quedas de muros. Os demais registros são sobre placas e postes caídos, danos em prédios públicos, entre outros.

Já foram distribuídos mais de 13 mil metros quadrados de lonas para atender as famílias afetadas. “A Defesa Civil continua o monitoramento da situação na nossa cidade durante 24h e o atendimento à população. As ocorrências como queda de árvores e rompimentos de fiações elétricas são complexas e demandam um tempo maior para o reparo. No entanto, com o auxílio da Celesc e dos Bombeiros a normalidade será restabelecida no nosso município”, ressalta o coordenador da Defesa Civil de Itajaí, Raphael Catarina.

O órgão de segurança ainda alerta a população para os perigos durante as manutenções em cobertura de casas e comércios que foram destelhados. Como as estruturas são feitas de madeira, e podem sofrer desgaste natural ao longo dos anos, é preciso ter atenção para evitar acidentes.

Linhas normalizadas

As linhas telefônicas Defesa Civil (199) e dos Bombeiros (193) já estão normalizadas. A energia elétrica, sistemas de internet e de servidores na Prefeitura de Itajaí também já voltaram a funcionar após 24h foras do ar.

Ciclone se afasta para o oceano

A partir do fim da tarde desta quarta-feira, o ciclone se afastava cada vez mais para alto mar, diminuindo e a força do vento no município. Com isso, deve ser registrada uma queda brusca na temperatura a partir desta noite.

Segundo dados do laboratório de meteorologia da Univali e da Epagri, o ar frio se intensifica ainda mais e a temperatura fica mais baixa ao amanhecer, com mínimas entre 8°C e 10°C na próxima madrugada.

Nesta quinta-feira (02), a previsão é para predomínio de sol e sensação de frio, devido à influência de uma massa de ar seco de origem polar. As máximas devem variar entre 16°C e 18°C, com vento de oeste/sudoeste de até 30 km/h no litoral norte de Santa Catarina.

Ocorrências atendidas pela Defesa Civil

São Vicente: 23
Cordeiros: 22
São João: 16
Fazenda: 13
Cidade Nova: 8
Espinheiros: 7
Centro: 6
Barra do Rio: 5
Cabeçudas: 4
Itaipava: 4
Rio do Meio: 3
Bambuzal: 2
Nossa Senhora das Graças: 2
São Judas: 2
Vila Operária: 2
Brilhante II: 1
Canhanduba: 1
Carvalho: 1
Limoeiro: 1
Paciência: 1
Praia Brava: 1
Ressacada: 1
Salseiros: 1
Santa Regina: 1
São Roque: 1
Volta de Cima: 1 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.