Desembargador toma posse como juiz substituto no TRE-SC

0 1.641

03.06.2020 Tomou posse nesta quarta-feira (3), como juiz substituto do Pleno do TRE-SC, na classe desembargador, o magistrado Guilherme Nunes Born, em cerimônia realizada na Sala de Sessões do Tribunal. A vaga era ocupada anteriormente pelo desembargador Volnei Celso Tomazini, cujo mandato terminou em março deste ano.

A cerimônia foi conduzida pelo presidente do TRE-SC, desembargador Jaime Ramos, que manifestou as boas-vindas ao novo colega de Corte. “Desejamos todo sucesso à Vossa Excelência aqui no TRE-SC e nos colocamos à disposição para qualquer coisa que seja necessária”, afirmou.

Saudando o novo magistrado, o corregedor regional eleitoral, desembargador Fernando Carioni, declarou que “os juízes eleitorais de Santa Catarina cumprirão com lealdade tudo aquilo que a lei determina e que está na Constituição para a realização dessas eleições. Para isso, contaremos com homens briosos como Vossa Excelência e com a honradez da magistratura catarinense. Parabéns a Vossa Excelência e sucesso nessa nova empreitada”.

Por sua vez, o desembargador recém-empossado agradeceu a recepção e ressaltou: “venho com muita disposição para cooperar. São 28 de anos de magistratura com o intuito de ajudar a crescer, pensando sempre no jurisdicionado e no bom trabalho que a Justiça catarinense tem que fazer e vem fazendo ao longo do tempo”.

O desembargador foi eleito pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina para ocupar a vaga durante o biênio 2020/2022.

Currículo do desembargador Guilherme Nunes Born

O desembargador Guilherme Nunes Born é natural de Porto Alegre (RS) e graduou-se em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 1986.

Ingressou na magistratura catarinense em 1992 e foi promovido ao cargo de juiz de direito em 1994. Foi juiz eleitoral na 20ª ZE de Laguna, de 1996 a 1997; na 10ª ZE de Criciúma, de 1999 a 2000 e novamente de 2002 a 2004; nas 13ª e 101ª ZE de Florianópolis, de 2009 a 2010; e na 100ª ZE de Florianópolis, em 2011.

Ao longo de sua carreira foi presidente da Primeira Turma de Recursos de Florianópolis, de 2007 a 2010, e presidente do Conselho de Administração da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Magistrados e Profissionais do Direito Catarinenses Ltda. (COOMARCA) por duas gestões seguidas, de 2010 a 2014.

Foi promovido, em 2017, ao cargo de desembargador, tendo atuado como presidente na Primeira Câmara de Direito Comercial do TJSC no mesmo ano. Também foi presidente da Primeira Câmara de Enfrentamento de Acervos do TJSC, de 2018 até 2019.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.