ENTIDADES E PRODUTORES CULTURAIS PARTICIPAM DE FÓRUM MUNICIPAL EM ITAPEMA

0 328

Vários representantes da classe artística, entidades do setor e associações culturais participaram na noite da última quinta-feira (14/03) do Fórum Municipal de Cultura 2019 de Itapema. O encontro aconteceu no Mercado Público Municipal Nelson Santos e foi realizado pela Prefeitura de Itapema, por meio do Departamento de Cultura em conjunto com o Conselho Municipal de Políticas Culturais.

Dentre as pautas discutidas estavam a Lei 13.019, que tem como principal objetivo disciplinar as parcerias celebradas entre o poder público e as entidades privadas. Para sanar dúvidas, o evento contou com a palestra de João Passos, representante do Marco Regulatório da Lei.

“A Lei 13.019 veio para organizar todo o setor não governamental na relação com setor governamental. Nós tínhamos muitas entidades que eram desorganizadas e muitas prefeituras que também eram”, explica Passos. “Se nós pudéssemos definir essa lei como uma palavra seria: organização. Hoje nós temos um controle fiel dos recursos públicos que são destinados a estas entidades”, explica.

A Secretária de Turismo, Cultura, Esporte e Desenvolvimento Econômico, Noeli Thomé, destacou a importância do evento. “Esse Fórum Municipal representa o trabalho de parcerias, pois temos os segmentos culturais e eles estão participando ativamente do conselho de cultura. Quando realizamos o Fórum unimos essas pessoas que possuem o mesmo objetivo. Principalmente o de buscar novas alternativas para desenvolver seus projetos. Pois cada segmento tem a sua forma de trabalhar, seu público e seus projetos”, diz. “O Fórum é o momento de se abraçar, o Fórum é o momento de construir”, completa a secretária.

Para o presidente do Conselho Municipal de Políticas Municipais de Itapema, Joel Eyroff, o Fórum é importante para recapitular as ações que foram realizadas durante o último ano. “Tivemos vários avanços, mudanças na legislação. Hoje os artesãos são cadastrados em nosso município, existe uma feira para eles exporem sua arte, o que era uma reivindicação antiga deste setor”, diz. “Através da secretaria de cultura também realizamos o cadastro dos músicos. Queremos agregar mais pessoas e dar mais visibilidade à cultura”, ressalta Joel.

Eleição dos conselheiros

Outro assunto tratado foi a indicação e eleição de conselheiros da sociedade civil para compor o Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina. Os conselheiros estaduais de Cultura para o biênio de 2019/2021 serão revelados durante a etapa regional que será realizada no mês de junho, na capital catarinense.

Os nomes escolhidos para compor o conselho municipal foram os seguintes:

– Arquivo, Biblioteca e Museus: Soraia Felipine e Beatriz Santos (suplente).

– Dança: Gilmara Bianchet e Margarida Gonçalves (suplente).

– Cultura popular e diversidades: Eder de Ávila da Cruz e Pâmela Abigail de Oliveira Ferreira (suplente).

– Teatro: Sérgio Negrão e Paulo Nascimento (suplente).

– Música: Marcelo Fidêncio.

– Letras: Joel Eyroff.

– Patrimônio cultural/imaterial: Vanessa Correia.

O Fórum Municipal de Cultura 2019 contou com apresentação do músico Marcelo Fidêncio e roda de Capoeira com o Grupo 1.000 Graus, do instrutor Gorila. Entre as autoridades presentes estavam o secretário de Administração Municipal, Ronaldo Paulino, e o diretor do SINE, Eduardo Forgiarini

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.