EX-MINISTRO SÉRGIO MORO DEIXA GOVERNO BOLSONARO, SUA VIDA E DE SEUS FAMILIARES CORREM RISCOS

0 2.545

O ex-ministro Sérgio Moro corre sérios riscos de vida, tem inimigos globais, ele desmantelou o crime organizado dentro da república, sem cuidado com a sua segurança, sua vida e de seus familiares são alvos fáceis para o crime organizado.

Em meio a pandemia de Coronavírus, não poderia haver pior notícia, o Juiz da Lava-Jato, anuncia sua demissão, Sergio Moro (Justiça) decidiu entregar o cargo nesta sexta-feira (24) e deixar o governo de Jair Bolsonaro após a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, ter sido publicada nesta madrugada no Diário Oficial da União. Ele anunciou a saída do governo a pessoas próximas.

Assim que tomou conhecimento do ato de exoneração de Valeixo, o Moro avisou o presidente que não ficaria no governo com a saída do diretor-geral, escolhido por Moro para comandar a PF. O ex-juiz Sergio Moro, criticou a insistência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na troca do comando da Polícia Federal, sem apresentar causas que fossem aceitáveis.

Moro afirmou ainda que Bolsonaro queria ter acesso a informações e relatórios confidenciais de inteligência da PF. “Não tenho condições de persistir aqui, sem condições de trabalho.” E disse que “sempre estará à disposição do país”. Moro falou em “violação de uma promessa que me foi feita inicialmente de que eu teria uma carta branca”.

“Haveria abalo na credibilidade do governo com a lei.” Moro diz que somente colocou uma condição a Bolsonaro para que assumisse o cargo. “Se algo me acontecesse, uma pensão para a família.”

Ele enalteceu seu papel na busca pela autonomia da Polícia Federal e destacou essa característica da corporação nos governos dos ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT.

Na avaliação de aliados e de desafetos, um pensamento é quase que unanime, Bolsonaro atropelou de vez o ministro ao ter publicado a demissão de Valeixo. Diante desse cenário, sua permanência no governo ficou insustentável, e Moro decidiu deixar o Ministério.

Pouco antes do anúncio do ministro, na manhã desta sexta (24), o deputado Capitão Augusto (PL-SP), não conseguia acreditar nas notícias sobre a saída de Sergio Moro (Justiça). “Vai ser um desastre completo, é o princípio do fim deste governo”, disse. “Moro é popular, está na galeria dos heróis contemporâneos, que nem Bolsonaro, nem Paulo Guedes fazem parte”.

Sergio Moro é um símbolo no combate a corrupção, é uma das últimas reservas morais que existem neste país, algo que ainda inspira uma esperança em uma nação de milhares de corruptos, ladrões, combater esta indústria de criminosos contra administração é tarefa para gigantes, e Sérgio Mora, tem revestido na sua história uma assinatura, qual não precisa de votos ou de apadrinhamentos para seguir trilhando a sua magnifica história de luta e feitos contra corrupção política no Brasil.

Coronavírus revelou um descompasso entre o Ministro Sérgio Moro e PR Jair Bolsonaro

Moro defendeu em falas públicas o isolamento como forma de tentar conter o contágio. Já o presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, defende o isolamento somente para idosos e pessoas com doenças crônicas. Ele prega a volta do comércio, a retomada das aulas e reabertura de fronteiras com outros países.

EX-MINISTRO CORRE SÉRIOS RISCOS DE VIDA!

Ex-ministro Sergio Moro, uma das últimas reservas morais deste país, ao deixar o governo de Jair Bolsonaro, na sua fala, algo me chamou muito atenção, “Se algo me acontecesse, uma pensão para a família.” Atualmente desempregado, o ex-juiz, apela em seu discurso, “uma pensão para sua família”!

Isso me preocupa, o juiz Sérgio Moro é uma autoridade que tem muitos inimigos, crime organizado que querem e desejam a sua morte, sem a cobertura do cargo de Ministério e chefe da Segurança Pública, ele corre sérios riscos.

O Ministério Público Federal e a OAB, tem que agir com prudência e urgente no sentido de avaliar as condições de segurança do ex-ministro Sérgio Moro, para que sua vida, as vidas de seus familiares possam ser protegidas.

Este homem, é um patrimônio mundial, umas das últimas reservas moral que ainda inspiram milhões de brasileiros ter esperanças e sonhos de ver este país livre da corrupção, todos estes sonhos podem ser enterrados com a perca deste herói nacional.

José Santana

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.