FIAT UNO COMPLETA 35 ANOS

0 1.281

            Tudo começou em agosto de 1984, quando foi apresentado para o mercado brasileiro um novo conceito mundial de automóvel, um veículo revolucionário e que cairia no gosto popular: o Fiat Uno. “Pequeno por fora e grande por dentro”, o modelo se transformou em um ícone ao garantir grande espaço interno em um tamanho compacto. Em pouco tempo, conquistou o público.

O sucesso foi tanto que o modelo se mantém na linha Fiat até hoje, 35 anos depois. São poucos os veículos que conseguem sobreviver a tantos anos na indústria automotiva e o Uno reúne um legado de evolução constante. Desenhado por Giorgetto Giugiaro, o modelo foi lançado um ano antes na Itália e logo depois chegou à versão adaptada aos usos e costumes tropicais. Mais resistente ao uso severo e com o porta-malas maior, recebeu elogios até mesmo dos italianos.

O sucesso da versão brasileira foi tanto que mais tarde o Uno começou a ser exportado até mesmo para o seu país de nascimento. Até julho de 2019, foram produzidas cerca de 4 milhões de unidades do Uno no Polo Automotivo Fiat, em Betim (MG). Ele foi o modelo mais vendido da marca até hoje. Além de ser comercializado no Brasil, é exportado para a Argentina, o México, a Colômbia, a Costa Rica, a Guatemala, o Chile, o Uruguai, a Bolívia e o Peru.

Chamado de Mille por um tempo, o carro voltou ao nome original na atual geração, em 2010, com o visual inspirado no italiano Panda.

por Daniel Dias/Agência AutoMotrix

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.