Filhote de avestruz nasce em zoológico de Pomerode (SC) graças a interferência da equipe técnica

0 233

Profissionais da instituição precisaram intervir através de incubação artificial para que o animal sobrevivesse

No dia 17 de setembro, mais um integrante passou a fazer parte do Zoo Pomerode. O filhote que acaba de completar um mês de vida, só nasceu graças à intervenção da equipe através de incubação artificial. A interferência humana nesse caso foi necessária porque os pais do filhote não apresentaram os cuidados essenciais para que o ovo fosse chocado e sua sobrevivência garantida. O espaço já conta com quatro aves adultas.

O avestruz tem pernas e pescoço compridos, asas longas com penas robustas, sendo que as fêmeas possuem a cor cinza e os machos, a coloração preta e podem viver até os 50 anos. Nativas da África, elas foram caçadas quase até a sua extinção por causa de suas penas, carne e couro. Com a criação de fazendas de avestruz ao redor do mundo para venda desses subprodutos, essa questão da caça foi amenizada e atualmente se encontra classificada como pouco preocupante pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN). Porém, agora, enfrentam outros problemas como perda do habitat causada pelos seres humanos. 

Na instituição, o filhote recebe cuidados diários e tem a sua saúde garantida através de medidas como pesagem, controle alimentar, ambiente com temperatura adequada e ainda pratica exercícios enquanto toma banho de sol pela manhã em companhia com seu amiguinho marreco. 

Para Danilo Costa Silva, biólogo responsável técnico do Zoo Pomerode, a reprodução é sempre um motivo de satisfação para equipe, pois cada filhote – principalmente os criados de forma artificial – é um grande aprendizado que prepara para situações ainda mais desafiadoras. Como, por exemplo, reproduzir espécies ameaçadas de extinção dentro de programas de conservação. “Até o momento o filhote de avestruz apresenta desenvolvimento satisfatório e está pesando 1,3 kg, o que é ótimo levando em consideração o seu tempo de vida”, comenta.

Sobre o Zoo Pomerode
Maior Centro de Conservação da Biodiversidade de Santa Catarina, o Zoo Pomerode abriga 1.011 animais, de 242 espécies diferentes. Destas, 40 espécies estão na lista mundial de ameaçadas de extinção. Na sua maioria, os moradores do espaço não têm condições de voltar à natureza porque foram vítimas de maus-tratos ou acidentes. 

A história do espaço começou há 87 anos, em 1932. São 35 mil metros quadrados para visitação, localizados no Centro Histórico de Pomerode (SC).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.