GOVERNO NILZA ANIQUILA COM A BASE EM NOME DO PODER

1 2.556

Editorial

Governo do toma lá da cá

Uma breve análise dos movimentos da candidata a reeleição de Itapema, Nilza Simas (PSD), ela trabalhou para golpear a própria situação e a oposição, nestes movimentos aniquilou com vários partidos (PL, Dem, PDT, Solidariedade, PR e PSL em nome do Poder.

Vejamos, ao levar um vereador da oposição para sua base, antes oposição, ao assinar com a prefeita, Xepa, abandonou o SoL, com isso aniquilou com o Partido. Com esta breve análise, a prefeita Nilza, se demonstra ser uma destruidora de lideres e da sua própria base para assegurar-se no Poder.

Ela ao assumir o governo em 2016, traiu os partidos que a elegeu, manteve do seu lado, somente os que interessava, o PR, do João Emmel, logo foi dilacerado devido a oposição do vereador do PR – Yagan, apoiador de Nilza nas eleições de 2016, com isso foi para oposição e assumiu o PL, neste ensaio, a Prefeita, para não perder o seu vice-prefeito, João Emmel, um cargo de Sabino Bussanello, Ela fez uma aliança com PDT e transferiu Emmel para a Executiva do Partido, isso tudo para garantir o apoio da deputada Paulina (PDT), porém o vereador Tanaka deixou a base e firmou os pés na oposição, restando a prefeita Nilza, refazer o cenário, destruir o PTD, para isolar o vereador Tanaka, com isso restou a última tacada, o PSB, partido de esquerda, então migraram todos para PSB, João Emmel, Sabino Busanello, ex-petista e parte da executiva do PDT, foi aniquilada em nome do Poder, isolando o vereador Tanaka, que sem alternativas migrou para o PSDB.

A prefeita Nilza viu outro cenário fragilizado, o DEM, mais uma oportunidade para desestabilizar a sigla, tirar o vereador Lei que estava em franca oposição ao seu presidente, Clóvis José da Rocha, com a desistência da vereadora Zuma, de concorrer a reeleição, Nilza deu o golpe fatal no Dem, partido perdeu os dois vereadores e a Executiva foi aniquilada. Com isso, ela desarticulou, todos os partidos da sua base, fazendo deles o que bem entende, fantoches!.

Contudo, Nilza a “esquerdista” percebeu que os movimentos da Direita poderia pôr em risco seu projeto de Poder, aproveitou-se da saída de Jair Bolsonaro do PSL, correu para os braços do governador Carlos Moisés, numa tentativa de descolar da esquerda, precisaria a qualquer custo da sigla PSL, então, foi a luta, ofereceu ao PSL a executiva do PSD, o que isso significa, é simples, indicou para a executiva todos os seus familiares, Filha, ex-marido, cunhado e genro para assegurar o apoio do Governador, rifando seu próprio partido, o PSD, considerando ainda que o PP, tem seu líder de governo na Câmara Municipal, vereador Fafá, acusado pelo suplente Pansera, de subtrair parte do seu salário, o Ministério Público citou o líder do PP, para explicar acusações, O partido do vereador Fafá é mais um serviçal de Nilza Simas, ele não tem outra opção, Partido também aniquilado por Nilza!

Hoje, 17/04, Nilza mostrou o outro lado da sua face, traí na cara dura, indignado os vereadores Xavier (MDB) e Lei (PSD) teria cobrado lealdade da Prefeita, teria sido uma gritaria, troca de farpas, lava cara, um dos “vereadores” teria dito que o apoiou na eleição, apoiou como presidente da Câmara e continua fiel ao governo e nada, exclamou e teria emendado, nenhuma secretaria?! e deu o recado, que não irá aceitar um recém-chegado, entrar pela janela, ocupar uma secretaria estratégica para reeleição do Edil, apadrinhado pela Nilza Simas, alertaram que “ele” sempre teria atuado na oposição ao Governo.

O quebra-pau teria sido generalizado e não foi resolvido no primeiro Round, ficou marcado uma segunda “Rinha” em horário e local incerto, o desfecho pode ser traumático, os vereadores da base estão se sentindo desprestigiados e não abriram mão da sua parte do “bolo”, se tem para o novato tem que ter para os fiéis escudeiros, disse um deles, antes que “vaca vá para o brejo”…

O governo Nilza é comprovadamente enxado e lotado com parentes, eivado em irregularidades gravíssimas, crivado de processos, caminha em ruma a guilhotina que a Direita vem preparando para liquidar com os mais de 20 anos de mando da família Simas em Itapema.

Resumindo, Nilza Simas, liquidou com partes dos partidos que lhe deram apoio em 2016, e para sua reeleição, liquidou com os seguintes partidos, (Sol, Xepa) ( PDT/ João Emmel) (DEM do Lei e Zuma), PR de Sabino Busanello) e próprio PSD/PSL fazendo uma fusão de ambos com membros familiares. São partidos sem identidades que não demostram qualquer liderança, são submissos aos ditos da prefeita Nilza.

No jogo do poder, está um orçamento de mais de R$1 bilhão de reais, tudo vale neste jogo, o toma lá dá cá, só cego não vê! A exemplo da pré-candidata a vereadora Alzira Hirtz, anunciou em um grupo de Whatsapp ter recebido 60 cestas básicas da Secretaria, para fazer doações, mesmo, sem ter uma ONG, para doar para as pessoas carentes e atingidos pela Pandemia”, isso mostra que neste jogo, a Secretaria de Assistência Social pode ser um cabo de guerra eleitoral e a prova está na fala da pré-candidata Hitz/PSD , tudo vale em nome do Poder, sua fala, pode levar a sua inelegibilidade eleitoral.

Aniquilado: Até existe uma sombra, mais o “aniquilado” não tem liderança, apenas servem aos mandos do seu líder maior” JS

José Santana – Presidente do PTB

1 comentário
  1. Marlene Diz

    Triste de um povo, que não tem partidos políticos fortes, facilmente serão enganados pelas personalidades que trocam de partido, conforme os seus interesses, e muitas vezes interesse só pecuniários.

    Se tivéssemos democracias sérias, onde os partidos políticos fossem enraizados e estruturados na sociedade, o povo sabendo identificar claramente que projeto cada um deles representa. Não tenho dúvidas que o povo seria mais politizado, e acompanharia os seus parlamentares para verificar como votam os seus representantes. A grande mídia faz questão de não demonstrar como são votados os projetos, até porque as mídias quase sempre representam o interesse do neoliberalismo, que tira sempre os direitos dos trabalhadores e da todas as benesses a elite desses país, o que se reproduz nos estados e nos municípios.
    Infelizmente as personalidades trocam de partidos várias vezes, e muitos partidos trocam de nome também várias vezes como estratégia de esconder a quem eles representam de fato.
    Hoje podemos dizer que tem um grande partido político que tem 40 anos e sempre teve o mesmo nome, e por isso as pessoas tem claramente o que ele defende, o partido dos trabalhadores-PT
    Outra matéria interessante seria você identificar quantos dessas figuras políticas já trocaram de partido ou seus partidos trocaram de nome, deixando claro como votam cada um desses partido a nível municipal, estadual e federal.
    Espero que a sociedade comece a intender da importância das eleições, porque vamos dar a chave do cofre do município, estado e união, e esses teriam que dizer claramente para onde ia nossos recursos financeiros.
    Todos os que trocam de partido várias vezes o povo tem que estar alerta, esses não nos representam apenas o seu bolso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.