Implantação de drenagem deixa rua Silva em pista única

0 57


As obras da reurbanização da rua Doutor Pedro Ferreira e vias do entorno iniciaram neste mês de fevereiro pela rua Silva. O primeiro trecho da via, entre as ruas Cônego Tomás Fontes e Pedro Ferreira, está com trânsito em pista única na direção da avenida Marcos Konder. As demais pistas recebem escavação para a implantação de drenagem pluvial para resolver os recorrentes problemas de alagamento na região, em especial nos dias de maré alta.

Mesmo com os trabalhos, o acesso aos estabelecimentos locais está garantido e a previsão é seguir para a próxima quadra, até a avenida Marcos Konder, em março. O primeiro trecho receberá nova drenagem, calçadas e pavimentação em conformidade com a reurbanização da rua Doutor Pedro Ferreira.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação orienta para evitar o trânsito no local e dar preferência para rotas alternativas. Os motoristas devem optar em fazer o retorno na rua Pedro Ferreira pela rua Doutor José Bonifácio Malburg para acessar a avenida Marcos Konder. Agentes da Coordenadoria de Trânsito (Codetran) auxiliarão os condutores nos trajetos e desvios.

Sobre a Reurbanização
A reurbanização da rua Doutor Pedro Ferreira envolverá também trechos das ruas Silva, Samuel Heusi e José Bonifácio Malburg. O projeto requalificará a área ao promover a revitalização de um trecho da zona histórica de Itajaí com uma nova concepção de espaço de convívio.

As modificações implantarão calçadas mais largas e acessíveis, áreas de estar e jardins. A via será reurbanizada ao longo de toda sua extensão com foco no desenho universal das calçadas e adequações na sinalização viária, além de melhoria no sistema de drenagem pluvial. O projeto também criará áreas de estar junto às travessias, com mobiliário urbano e paisagismo diferenciados.

A obra faz parte de um conjunto de projetos para a reurbanização de todo o Centro de Itajaí como espaço de convivência para comunidade. O objetivo é tornar o ambiente mais prazeroso para se andar e pedalar, garantindo ainda conforto físico, qualidade visual, sinalização e iluminação novas para gerar espaços em que a população possa se apropriar.

A reurbanização está orçada em pouco mais de R$ 2 milhões e tem previsão de entrega para o segundo semestre de 2021.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.