Lactantes, gestantes e puérperas poderão se vacinar contra Covid-19 no Centreventos

0 45


O Município de Itajaí inicia na segunda-feira (21) a vacinação contra Covid-19 em lactantes (mulheres em fase de amamentação) com crianças até seis meses de idade, gestantes e puérperas sem comorbidades, a partir de 18 anos. A imunização deste grupo prioritário foi autorizada pelo Governo do Estado e será realizada gradualmente no Centreventos de Itajaí, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30. As mulheres deverão apresentar comprovante da condição e prescrição médica com indicação da vacina.

> Acompanhe em tempo real a vacinação contra Covid-19 em Itajaí

Este grupo prioritário só poderá ser vacinado com doses dos imunizantes Coronavac e Pfizer, conforme orientação do Governo do Estado. “Daremos início a vacinação contra Covid-19 para este grupo e iremos avançar gradualmente, ‘de acordo com a quantidade de doses recebidas. É importante que as mulheres fiquem atentas às datas e documentos que devem ser apresentados no momento da aplicação da vacina”, reforça a diretora da Vigilância Epidemiológica de Itajaí, Paola Vieira.

Documentos necessários

Para que tenham direito à vacinação contra Covid-19, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), sem comorbidades, precisam comprovar a condição por meio de relatório médico, carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, declaração de nascimento da criança ou certidão de nascimento. Além disso, a vacina deve ser prescrita pelo médico que acompanha a mulher, após análise conjunta da avaliação de riscos e benefícios do uso.

Vacinação de lactantes será gradual

Já as lactantes devem apresentar prescrição ou declaração médica que ateste a sua condição, além de documento de identidade com foto e/ou cartão SUS e relatório médico ou prescrição indicando a vacina contra Covid-19. É obrigatório apresentar a certidão de nascimento do bebê. Inicialmente serão vacinadas as mulheres em fase de amamentação com crianças até seis meses de idade.

A ordem de vacinação das lactantes depende do quantitativo de doses recebido pelo Município e deverá atender aos seguintes critérios e datas:

1. Lactantes que amamentam crianças com até 6 meses: a partir de 19 de junho.
2. Lactantes que amamentam crianças entre 6 meses a 3. Lactantes que amamentam crianças entre 1 ano a 4. Lactantes que amamentam crianças maiores de 2 anos: a partir de 10 de julho.

Vacinação liberada

A vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades foi suspensa em maio de 2021 por orientação do Ministério da Saúde e recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), após o registro de evento adverso grave em uma gestante vacinada com dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz. O Governo de Santa Catarina decidiu retomar a vacinação contra a Covid-19 deste grupo baseado em parecer do Grupo Técnico Assessor das Ações de Imunização, que avaliou a vacinação deste público como benéfica. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.