Londrina terá novo Complexo de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico de Trânsito

0 1.011

Entra em funcionamento dia 1º de junho o Centro de Validação de Autos (CVA), o Centro de Talonário Eletrônico (CTE), além do Centro de Controle Operacional (CCO)

Curitiba, maio de 2021 – Nesta terça-feira (01/06), a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), inicia as atividades de vídeo monitoramento em Londrina. O responsável pelo serviço é o vencedor da licitação, o Consórcio Londrina Segura, formado pelas empresas Perkons S.A. e Mobilis Tecnologia S.A.

Na primeira etapa de implantação serão 30 equipamentos do tipo fixo, com tecnologia OCR, e 20 equipamentos de vídeo monitoramento com câmeras com movimentação 360º e tecnologia OCR. “Essa é a garantia de Londrina mais Segura. No total são 469 câmeras integradas entre CMTU e Guarda Municipal trazendo mais segurança no trânsito, inclusive evitando furtos e roubos. Os radares vão trazer diminuição de acidentes e atropelamentos, fazendo com que os motoristas trafeguem dentro da velocidade permitida por lei”, avaliou o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati. “São câmeras de alta tecnologia, grande alcance, que têm condição de fazer a identificação da face das pessoas. A cidade vai ficar muito mais segura, tanto no trânsito quanto na contenção da violência”, complementou Belinati.

Tecnologia em prol da mobilidade e segurança pública

Central de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico (CFME), conta com toda infraestrutura necessária para o monitoramento, recepção de imagens/vídeos, processamento de dados para análise, lavratura de autos de infração de trânsito e emissão de alertas.  Neste espaço ficam alocados o Centro de Validação de Autos (CVA), o Centro de Talonário Eletrônico (CTE), além do Centro de Controle Operacional (CCO), que solucionará prontamente as solicitações dos agentes da autoridade de trânsito, com monitoramento de pontos estratégicos para fiscalização de trânsito. Ainda, auxiliará a mobilidade urbana com o videomonitoramento em tempo real e reduzirá o tempo de ação em eventos específicos.

O Complexo visa garantir efetividade do trânsito no município de Londrina, acompanhando em tempo real as ações de segurança no trânsito, agindo de forma tempestiva, segura e orientada. “Londrina recebe uma tecnologia inovadora com o objetivo de trazer mais segurança, mobilidade no trânsito e fluidez, que possibilita clareza, controle e a otimização do serviço”, afirmou o presidente da CMTU, Marcelo Cortez. “Nós teremos o controle de onde estarão as viaturas com um menor tempo de resposta, evitando deslocamentos desnecessários, trazendo economia de tempo e custos. Infelizmente temos um trânsito violento em Londrina, com o não cumprimento das leis de trânsito. Com a nova tecnologia queremos diminuir as mortes no trânsito”, ponderou Cortez.

“Este contrato marca o retorno da Perkons para a cidade de Londrina, onde já atuamos nos anos 90. É um passo muito importante para a empresa, que expande sua atuação para o interior do Paraná, iniciando com a 2ª maior cidade do Estado”, conta Régis Nishimoto, diretor técnico da Perkons. “O Complexo de Fiscalização e Monitoramento Eletrônico de Trânsito de Londrina, com produtos e sistemas de alta tecnologia que certamente vão auxiliar na qualidade de vida dos londrinenses, é motivo de orgulho para todos nós”, finaliza.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.