Mais de 47 mil pessoas já retiraram medicação para enfrentamento ao coronavírus

0 16


.

No Município de Itajaí, o fim de semana foi de plantão em 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Centreventos para a distribuição do medicamento ivermectina. No total, até as 14h deste domingo, mais de 47 mil pessoas já haviam retirado gratuitamente a medicação, cujo tratamento profilático pode ajudar a prevenir e atenuar a infecção causada pelo coronavírus (COVID-19). A distribuição da ivermectina continuará sendo feita nas UBS e no Centreventos nesta próxima semana.

> Leia mais notícias sobre Coronavírus

Das 16 Unidades Básicas de Saúde que atenderam em regime de plantão neste sábado e domingo, a maior procura pelo medicamento foi registrada no bairro Jardim Esperança, com 1.327 pessoas atendidas. Com mais de mil atendimentos, destaca-se, também, o Centro Médico São Judas (1.074) e as Unidades Básica de Saúde do bairro Espinheiros (1.063) e São João (1.041). Nesses dois dias, o plantão nas unidades básicas somou 9.572 pessoas atendidas.

No Centreventos, onde está a central de distribuição, desde o primeiro dia de entrega da medicação, na terça-feira (7), a estrutura montada pela Secretaria de Saúde de Itajaí já atendeu em torno de 33 mil pessoas. Mais de cinco mil pessoas só neste sábado (11). Entre médicos, enfermeiros, atendentes e equipe de apoio, mais de 150 profissionais estão no local, que funciona das 8h às 20h.

O espaço conta com 20 guichês de cadastro, 15 de triagem/avaliação, 11 para médicos e 22 para dispensação da ivermectina, todos eles distribuídos em uma ampla área de mais de 18 mil m², a fim de evitar a aglomeração de pessoas. Idosos contam com atendimento preferencial.

“Além de toda estrutura que temos no Centreventos, decidimos abrir neste final de semana várias das nossas unidades de saúde, pelos bairros, para que mais pessoas tenham acesso ao tratamento profilático com ivermectina. É importante destacar que esta medicação tem apresentado atividade antiviral e pode ajudar no combate ao coronavírus, além de ser segura e com baixíssimos efeitos colaterais”, comenta o prefeito Volnei Morastoni.

O tratamento profilático é mais uma estratégia de enfrentamento à COVID-19 oferecida no Município de Itajaí. A intenção é tratar cerca de 100 mil moradores de forma precoce para prevenir e atenuar a infecção causada pelo coronavírus. Mas é importante ressaltar que o uso do remédio não substitui as demais medidas preventivas, como uso obrigatório de máscara, higiene das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%, e a manutenção do distanciamento e isolamento social.

Segundo a Secretaria de Saúde de Itajaí, a adoção do medicamento ivermectina foi baseada na experiência de algumas cidades e países, além de instituições brasileiras, como a Unimed e o Hospital da Marinha do Brasil. A medicação também teve resultados positivos no Centro Ambulatorial de Triagem de Coronavírus de Itajaí, onde médicos observaram significativa melhora em pacientes sintomáticos tratados com o remédio. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.