MAIS UM “EMPRESÁRIO” SE COMPADECE COM MISÉRIA DE CIDADE E FAZ DOAÇÃO

0 422

O governo Nilza, perdeu o foco, desorganizou o plano de governo, inicialmente, sua ideia de defender o interesse público esvaiu-se no orgulho, na incapacidade e na prepotência, tornou-se um governo apático e “pedinte”, a impressão que estamos numa cidade ‘nordestina” que depende de donativos, após anúncio da prefeita Nilza, que “mais um empresário, faz “DOAÇÃO DE TVS PARA HOSPITAL”.  

A legislação é bem clara quanto a doações para administrações públicas, tem de ser por edital e as empresas não podem ter quaisquer vínculos com os entes públicos, não pode estar respondendo a processos e deve estar em dia com suas certidões negativas, firmado o convênio de doação a empresa não pode participar de nenhuma concorrência pública e nem fazer qualquer doações nos âmbitos das eleições vindouras.

A prefeita Nilza Simas tem por formação a Enfermagem, tinha como projeto a construção de um hospital para cidade que amarga no caos por falta de equipamentos para atender bem a saúde da população.

No plano de governo da prefeita Nilza, teve o anúncio da Construção de um unidade hospitalar, porém, a licitação não saiu, não tem projeto aprovado, contudo, o governo e fez dois pedidos de autorização de empréstimos intercalados para alocar recursos para construir o hospital, primeiro foi uma autorização na ordem de R$10 milhões, obteve a autorização, em seguida veio com a alegação que o valor não cobriria a execução, solicitou outros R$10 milhões para Câmara Municipal que foi breve na autorização.

Em seguida fez um outro anúncio da Construção de um suposto Complexo Hospitalar, o que chamou atenção de profissionais e gestores em saúde de várias partes do país, um outdoor registrou o que seria o Complexo, em seguida as críticas de vários setores da sociedade o governo percebeu a “loucuragem”, um partido da cidade, trouxe um outro outdoor que anunciava a construção de uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento Avançado (fase 1) – e não de complexo hospitalar, placa desconstrói o dito pela gestão Nilza Simas, que correu para corrigir a falha grotesca, emendou outra informação que agora seria construído um Complexo de Saúde? – Acontece que a prefeita Nilza nesta salada de desinformações, se revela uma amadora, sobretudo, do ponto de vista protocolar e da legalidade, não deveria ter feito nenhum anuncio de construção de hospital, haja vista, que primeiro deveria de fazer o projeto, aprovar e alocar os recursos, somente após todas estas informações concluída e empenhadas poderia vir a público anunciar a construção de qualquer obra no município.

Considerando as contradições nos anúncios feitos pela prefeita, a Câmara de Vereadores passou a fiscalizar a trapalhada, logo, identificou além das falhas nos projetos, descobriram que não existe licença da ANVISA para a Construção de um hospital em Itapema.  A mentirada com ar de legalidade chamou atenção de todos devido as falas nos ditos não corroborem com o interesse público, sobre a suspeita de algo havia de muito errado em curso colocando sobre risco a saúde financeira de Itapema.

Desta feita, um empresário anunciou que constrói o hospital em Itapema, sem que o Município precise usar os R$20 milhões! Em entrevista à Folha SC, o Empresário, colocou-se à disposição do Município para construir o complexo Hospitalar, único custo para a gestão seria doação de uma área de contrapartida (terreno), declarou o empresário está feita a proposta, o Município não gastará um centavo a mais e terá uma estrutura hospitalar modelo e altura para atender baixa, média e alta complexidade, também informou que procurou a Prefeita Nilza Simas e que ela não respondeu a sua proposta!   

O governo de Itapema, recebeu doação de ar-condicionado de uma empresa acusada de desviar impostos de Itapema (ITB), com dito, na abertura deste texto, a legislação impede e é rigorosa quanto aos vícios e das implicações das relações entre governo de empresários, um filme que deve terminar em muitas prisões.

Sérgio Moro, lançou nesta quinta-feira o projeto: ”Em Frente, Brasil”. O projeto é para a expansão da Lava-Jato contra a criminalidade e corrupção que se estenderá aos municípios (prefeituras) e governo federal (Estados) Moro disse que o objetivo do projeto ”Em Frente Brasil” é reduzir a criminalidade. “Agora para Lava jato os prefeitos e prefeituras entram na mira”, afirmou o ministro da justiça, porque minando a fonte de corrupção, consequentemente a taxa de criminalidade, também diminuirá.

Itapema tem uma alta taxa de criminalidade, devido aos rumores de corrupção, a percepção da população acima de 70% considera que exista algum tipo de corrupção no município, estes dados corroboram com os resultados dos últimos 25 anos, nenhum prefeito terminou o mandato sem responder uma carrada de processos, condenados e presos, nenhum dos municípios da região sofreram tantas intervenções como prisões, operações do Gaeco, CPIs, CPP e inquéritos civis e ações civis públicas quanto os gestores de Itapema.

Atualmente a prefeita Nilza Simas, responde a processo em segredo de Justiça (TJSC), resultado da operação Castelo de Areia, responde a Inquérito Civil por suposta contração de parentes (Nepotismo), responde a Ação Civil Pública e em curso muitas representações aguardando resposta do Ministério Público.

Contudo, a prefeita Nilza Simas, se destaca como “pedinte”, ao anunciar que mais um empresário da nossa cidade contribuiu para melhorar o atendimento aos nossos pacientes. O governo de declara incompetente ao aceitar doações para cobrir faltas e falhas de gestão que tem um orçamento gigante e não sabem fazer uso do mesmo em favor dos contribuintes, lástima!   “Disse a prefeita Nilza, empresário doador, possui várias lojas na cidade nos presenteou com 6 TVs de 32 polegadas, que serão colocadas nos quartos”. Ele aproveitou e conheceu nossa estrutura, que está em constante melhoria”!  

Esta constatação prova por definitivo a incapacidade da gestão em alocar recursos para melhorar a qualidade do hospital, depende de doações para melhorar a qualidade do atendimento hospitalar? .

Os empresários já fazem sua declaração de impostos, recolhem aos tesouros, ao participar desta prática, sofre bitributação e declara de público que os gestores são incapazes de resolver problemas tão simbólicos quanto a seis televisores e alguns ar-condicionado, isto atesta a ineficiência da gestora e acende o alerta vermelho da Delegacia de combate a corrupção em Santa Catarina  

População de Itapema, arrecadam cerca de R$260 milhões de reais por ano, traduzindo, o governo Nilza Simas já administrou em três anos, cerca de quase R$ 1.000.000,000,00 Um Bilhão de Reais, depender de doações, fica claro e preocupante que tesouro municipal está a bancarrota, se depende de doações para equipar imagina para construir o hospital?

José Santana  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.