Meio Ambiente – Ação de abrangência mundial visa conscientização da população na proteção de recursos naturais

0 443

Semana do Meio Ambiente

O dia 05 de junho é considerado mundialmente o Dia do Meio Ambiente. A data merece atenção e, com isso, diversas cidades do mundo programam eventos que são inclusos durante a semana do dia 05 de junho. Esta semana de conscientização foi criada, no Brasil, pelo Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981com o objetivo de complementar a celebração ao Dia do Meio Ambiente instituído pela ONU.

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Organização das Nações Unidas – ONU, em 15 de dezembro de 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia. A proposta desta data é chamar a atenção de todos os governos mundiais e da população sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.

Comemorações em Itapema

O município de Itapema fez uma programação especial durante toda a semana, envolvendo as escolas, comunidade e diversas entidades. A Fundação Ambiental Área Costeira de Itapema (FAACI) foi a grande responsável pelo desenvolvimento das ações em Itapema. “Nosso objetivo é fomentar a necessidade de preservação do meio ambiente em toda a sociedade”, afirma a presidente da FAACI, Carolina Ioppi.

Toda a cidade se movimentou em prol do meio ambiente durante essa semana. De segunda-feira (03/06) a quinta-feira (05/06) foram realizadas oficinas e palestras com estudantes da Rede Municipal de Ensino, em parceria com a Secretaria de Educação.

Na quarta-feira (05/06), o Profº. Dr. José Damião de Jesus Filho ministrou duas palestras na Câmara de Vereadores, que contaram com a presença de alunos da Rede Municipal e Estadual de Ensino. Dentre os temas abordados estavam desde a classificação dos resíduos, produção de objetos até a necessidade de uma agenda ambiental entre os setores. Ao final da tarde também foi realizada a construção de uma composteira para resíduos orgânicos. “Foi um momento especial para que os estudantes e a própria comunidade aprendessem um pouco mais sobre os resíduos bem como as várias formas de descarte e criação”, afirmou a presidente da FAACI, Carolina Ioppi.

Ainda na quarta-feira, Dia Mundial do Meio Ambiente, o Projeto Minha Escola Mais Verde preparou uma ação de conscientização e respeito à preservação. Os alunos da Escola Municipal Bento Elói Garcia, no Bairro Morretes, realizaram na própria unidade escolar o plantio de mudas de árvores frutíferas.  O projeto, que já passou por outras escolas, é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação como apoio do Departamento de Agricultura e Pesca e da Fundação Ambiental Área Costeira de Itapema (FAACI).

O plantio de mudas frutíferas no interior da Unidade Escolar contou com a presença do técnico do Departamento de Agricultura e Pesca, Giovane da Silva, que mostrou na prática como fazer o plantio correto e quais os cuidados necessários para a adaptação da árvore no local. A intenção é que a turma adote essas árvores e cuide delas até o término dos seus estudos na Unidade. Os alunos mostraram bastante conhecimento com a preservação e os cuidados que devemos ter com o meio ambiente. A nutricionista da Secretaria de Educação, Michele Casagrandre, também falou sobre o consumo de produtos naturais e industrializados e qual impacto no meio ambiente que os dejetos desses alimentos causam, como por exemplo, a utilização dos plásticos nas embalagens e sacolas para transporte.

Para a Secretária de Educação, Alessandra Simas Ghiotto, é uma satisfação ter um projeto como esse. “O Minha Escola Mais Verde, desperta nas crianças o interesse do cuidado com o meio ambiente. Nós como educadores devemos contribuir com a formação cidadã de nossas crianças. Devemos pensar em ações relacionadas com a atual situação ambiental não só da cidade, mas o planeta como um todo, auxiliando nossos alunos a pensarem globalmente através de atitudes e ideias voltadas à sustentabilidade”, comenta.

Já na quinta-feira (06/06) e sexta-feira (07/06) foram realizadas oficinas no Parque das Capivaras, no Bairro Meia Praia, com atividades como pintura facial com temas da mata atlântica, oficina de papel origami, oficina de musicalização e confecção de instrumentos musicais, confecção de brinquedos de material reciclável e a apresentação peça de teatro “Mangue”.

No sábado (08/06) na Praça da Paz acontece a feira de troca de mudas de plantas frutíferas (cítricos e nativas) por livros, a partir das 13h30. Os livros serão doados para a biblioteca pública Municipal Tancredo Neves e usados no projeto “Geladeira Cultural”.

Ações da Conasa – Águas de Itapema

A concessionária responsável pelo tratamento de água e esgoto de Itapema, Conasa, também realiza ações alusivas ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Neste sábado, dia 08, a partir das 14 horas, na Escola Municipal Caminhos do Saber, as crianças do Jardim Praia Mar, bairro que vem recebendo obras de expansão da rede coletora de esgoto, terão uma tarde diferente, através da interação lúdica sobre os cuidados da preservação ambiental com ênfase nas atitudes para se evitar o desperdício da água e na necessidade da ligação dos imóveis à rede coletora de esgoto para que todos os resíduos recebam tratamento.

Com o tema “Água Nosso Tesouro Azul”, colaboradores da Companhia vão provocar o interesse das crianças no assunto e disseminar a importância dos cuidados com o meio ambiente junto às famílias. O evento, realizado com o apoio da Associação de Moradores, conta com o plantio simbólico de mudas de árvores na área escolar e diversão com lanches para todos os participantes.

Em Santa Catarina, Itapema é considerada referência em saneamento básico. Hoje, 100% da população recebe água tratada e 74% do esgoto recebe tratamento. Desde março deste ano, novos investimentos estão ampliando a rede coletora no município nos bairros Jardim Praia Mar e Morretes. Até 2020, 90% do esgoto gerado receberá tratamento, o que traz ganhos importantes para a saúde pública e para atração de turistas, impulsionando o desenvolvimento socioeconômico de Itapema.

Ações na Costa Esmeralda

A cidade de Porto Belo também programou diversas ações na Semana do Meio Ambiente. As atividades iniciaram com a cerimônia de abertura, que contou com a participação do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, que tem como objetivo monitorar os animais marinhos que surgem nas praias da região. A programação durante toda a semana foi voltada para alunos da Rede Municipal e Particular de Ensino, contando com palestras, peças teatrais, contação de histórias, passeatas e plantio de árvores.

A Semana do Meio Ambiente de Porto Belo é realizada pela Famap com apoio do Projeto de Monitoramento de Praias -PMP, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tijucas, Fundação da Cultura, Secretaria de Educação, Departamento de Transporte Escolar, Associação Catarinense de Reservas Particulares do Patrimônio Natural através da apoiadora Lúcia Margarida Currlin Japp e Eco do Avencal. Toda a programação aconteceu no Palco das Artes.

A prefeitura de Bombinhas, em parceria com a Fundação de Amparo ao Meio Ambiente (FAMAB) promoveu uma série de palestras e painéis com especialistas em diversos temas que regem o Meio Ambiente. A extensa programação contou também com peças teatrais, oficinas de reciclagem, permacultura, confecção de sabão, compostagem, entre outros. A ação encerra no sábado na praia de Zimbros com um abraço simbólico aos oceanos.

Santa Catarina e o Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira, 5, chama a atenção para a preservação dos recursos naturais do Estado, que para muitos, ainda são considerados inesgotáveis. A data fortalece a conscientização sobre a relevância e a responsabilidade de todos. Neste sentido, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável promove e incentiva ações da qualidade do ar, da gestão hídrica, o monitoramento dos rios, o descarte dos resíduos sólidos e a proteção das espécies. Tudo isso, para cuidar e dar mais qualidade ao meio em que vivemos.

“O planeta é um só e depende da união de todos: órgãos públicos, instituições, empresas e sociedade, em prol de um desenvolvimento sustentável. Pensar hoje para planejar o amanhã. A Secretaria, neste contexto, tem um papel fundamental nas ações governamentais que visam promover mais qualidade de vida de forma ambientalmente correta para a população”, destaca o secretário, Lucas Esmeraldino.

Água

Com foco na preservação e na gestão hídrica do Estado, a SDS, por meio da Diretoria de Recursos Hídricos, em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA), apresentou os primeiros resultados do Programa de Monitoramento da Qualidade da Água dos Rios. A ação permite um maior controle da qualidade das águas dos rios de Santa Catarina, aprimorando o planejamento sobre o uso e ações de recuperação.

“O objetivo é subsidiar medidas que promovam a conservação e a sustentabilidade da qualidade da água; com suporte para o planejamento, enquadramento, outorga de direito de uso e a fiscalização referente aos usos dos recursos hídricos no domínio estadual”, destaca a diretora do órgão, Jaqueline Isabel de Souza.

A diretoria também gerencia os Planos de Recursos Hídricos que têm o objetivo de fundamentar ações para a construção da Política Estadual de Recursos Hídricos nas Bacias Hidrográficas, estabelecendo diretrizes e políticas públicas voltadas para a melhoria da oferta de água, com foco no desenvolvimento sustentável. Atualmente, o Estado possui 16 Comitês de Bacias, que atuam como base da gestão participativa e integrada da água nas regiões.

A Diretoria de Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Sustentável (DMUC) também lançou no Estado o Programa Produtor de Água, uma iniciativa federal de pagamento por serviços ambientais (PSA) coordenada pela Agência Nacional das Águas (ANA). O objetivo é conservar e restaurar as áreas com vegetação natural dos mananciais de abastecimento público nas cidades pelo país.

Gestão da Qualidade do Ar

Santa Catarina demonstrou seu comprometimento com o meio ambiente ao formalizar o projeto de avaliação do impacto das emissões veiculares, queimadas, industriais e naturais na qualidade do ar que se encontra no segundo, dos seis anos previstos para execução. A iniciativa é conduzida pelo Laboratório de Controle da Qualidade do Ar (LCQAr) da Universidade Federal de Santa Catarina, em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e com a Fundação de Amparo a Pesquisa e Inovação do estado de Santa Catarina (FAPESC).

Resíduos sólidos

Santa Catarina também é referência nacional no que se refere à disposição final ambientalmente adequada, ou seja, distribuição ordenada dos resíduos sólidos em aterros sanitários, considerando que atualmente todos os municípios catarinenses apresentam contratos com aterros licenciados para realização da disposição final.

Ainda com o objetivo de garantir o atendimento das premissas às Políticas Nacionais, o Estado elaborou o Plano Estadual de Resíduos Sólidos de Santa Catarina (PERS/SC). Isso permite programar e executar atividades de melhoria da situação dos resíduos sólidos em seu território, apontando caminhos, prioridades e orientando investimentos para os próximos vinte anos.

Em relação ao que é coletado de forma convencional, Santa Catarina atualmente apresenta uma cobertura de 93,58% sobre a população total do Estado. Já a coleta seletiva de recicláveis é realizada por 125 (42%) prefeituras do Estado, abrangendo 58,89% da população total de Santa Catarina.

Conscientização

Com o objetivo de promover o desenvolvimento com sustentabilidade, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável realiza a participação nos Grupos de Trabalho de Educação Ambiental (GTEAs), a fim de promover e disseminar boas práticas e cuidados ao meio ambiente.

No mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, parcerias com os Grupos de Trabalho de Educação Ambiental são realizadas durante todo mês de junho. Assim, são desenvolvidas atividades em diversas regiões para fortalecer o protagonismo da sociedade em preservar o meio ambiente e estimular ações, seminários e capacitações em Educação Ambiental.

Da Redação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.