Mentes mortas liberdades esvaem-se

0 1.281
OTAVIO CLOS

Estamos com dificuldade de e em viver. Grande parte necessita serem conduzidos como se a implorar consolo ou determinação? As antigas fogueiras onde “diferentes” eram levados beiram atualidade a assombrar intelectos, infelizmente. Retroagimos sob aplausos de incautos e alienados. Triste, mas, fundamental e necessário dizer! Estamos sendo orientados e comandados por “loucos e desequilibrados”. Os extremos nunca foram formas ideais para delinear humanidade em atitudes de crescimento e evolução. Equilíbrio deveria ser a máxima a nos ordenar em coletividade do bem.

Ainda não.

Ainda não queimam em praça pública as “obras de arte e escritos” que possam determinar em mentes doentes, perigo eminente a “família tradicional e bons costumes”. Por pouco não foi materializado ato, mas, em alguns mentais já se realizaram. Criminalizam e desviam aquilo que deveria ser orientação em concordância com uma moralidade que venha destoar de naturalidade em processo de uma sociedade organizada e que vise o bem comum. A violência se institucionalizou, temos o aval de “líderes e governo” que projetam seus ódios, problemas e mais íntimos instintos e vontades?

Sexualidade.

Em que influencia a sexualidade de outros em tua vida senão vibre em sintonia nos mais baixos desejos onde sadismo te satisfaz? Teus “fantasmas e mascaras” atormentam-te a ponto de tentar reprimir que outros vivam. Que hipocrisia. O primitivismo ainda se mantem vivo em nossas vidas, basta que contrarie alguns. A história de um passado triste e hediondo parece ser esquecido por grande parte de população. Cada ser, em sua individualidade, tem direito constitucional de exercer vida em liberdade de agir e pensar, assim deveria ser. Os colégios, escolas, voltam a serem “militarizados” agora com mais intensidade sob a alegação dos “bons costumes e moral”. Orientação, doutrinação ou repressão?

Cegos.

Estamos cegos em proporção direta ao que nos permitem e querem que façamos ou pensemos? Viramos “gastos e despesas”, direito constitucional a saúde virou despesa que onera orçamento da união? Canalhas! Os cartões corporativos e mordomias, viagens e descontrole, gastos individuais, mordomias, não os afetam a serem permitidos e aceitáveis?

Fórum.

Sob a alegação de “extremo temor” do “fórum de são Paulo e comunismo” elegemos despreparados que sintonizam na guerra, armamento e destruição de diferentes? Os temas se repetem, cada vez mais intensos e preocupantes. A leitura e discernimento não terão manutenção e apoio em governos, atuais, totalitários? Os deleites e mordomias em função do “fórum privilegiado” e condição de poder que “alguns diferentes” possuem são culpa desta alienação que colocaram calculadamente por séculos de submissão. Em pleno 2020 ainda existe classe que aceita a “monarquia”, pior, “ditadura”. Esquecem que o processo deveria ser diferente, em contramão a tudo que tenha exterminado vidas e intelecto.

Mecanismo.

O “mecanismo” escravizou, está podre. Tudo parece ter um “jeitinho e comissão”, as negociatas em todos os âmbitos de poder levam a comissão em maior ou menor corrupção? Elegem-se para beneficiar “compadres, amigos e familiares”. O enrolar de poder subestima capacidade de questionamento e sobrevivem os que negociam ou adulam eleitos? Em minha terra natal usa-se o termo “bando de puxa-saco, chupim”! Estamos em um “esquema” muito bem “orquestrado”, “mecanismo” que “alimenta governos” a corromper. Raros exemplos de idoneidade e lisura? Os que se opõem são aniquilados moral ou em risco de perder vidas? A natureza em sua perfeição reagirá!

Gritos.

Os gritos deveriam serem de protesto em dignidade a manter democracia e verdade. Se omitem ou são propositalmente omitidos. Estamos em risco. A vida nos diz que em determinado momento a situação se tornará insuportável. Quando será?

OTAVIO CLOS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.