Município de Itajaí dá início a cinco importantes obras de mobilidade e infraestrutura

0 268

Ordens de serviço foram assinadas nesta segunda-feira (05)

Foi dada a largada para mais cinco importantes obras em Itajaí. Duas de mobilidade urbana serão executadas pelo financiamento internacional e, juntas, somam mais de R$ 7 milhões em investimentos. As ordens de serviço foram assinadas na manhã desta segunda-feira (05) no gabinete do prefeito Volnei Morastoni.

A construção de uma nova ponte sobre o rio Itajaí-mirim, conectando as ruas Adolfo Batschauer (São Judas) e Sidney Schulze (Cidade Nova), é mais um importante pilar das obras estruturantes projetadas para Itajaí. Com a ponte e os binários na região Central, a população poderá se deslocar com mais facilidade desde a Contorno Sul até a avenida Adolfo Konder.

A ponte ligando o São Judas e o Cidade Nova terá 160 metros de extensão e 15 metros de largura. Licitada em R$ 4.999.888,77, a obra deverá ser entregue em até 360 dias pela empresa DECC Construções.

Outra importante obra do financiamento internacional é o prolongamento da rua Umbelino Damásio de Brito. Foram investidos R$ 7,5 milhões em desapropriações e a construção de 360 metros da nova rua, que se ligará à Contorno Sul, é de R$ 1.252.477,20. Os trabalhos deverão ser concluídos em até 150 dias pela empresa Engeplan.

“Itajaí vive um momento de grande volume de obras. Planejamos a execução de todas elas pensando no bem da nossa cidade não apenas no presente, mas também no futuro. Com a mobilidade necessária, Itajaí continuará sendo uma cidade em movimento e crescendo a cada dia”, ressalta o prefeito Volnei Morastoni.

O financiamento internacional faz parte do Programa Itajaí 2040 Moderna e Sustentável. Ele garante 28 diferentes obras e desapropriações em 17 bairros e localidades de Itajaí. Dom Bosco, Santa Regina, Itaipava, Cidade Nova, São Judas, Cordeiros, Nova Brasília, Centro, Praia Brava, São Vicente, São João, Murta, Baía, Campeche, Bambuzal e Fazenda receberão as transformações.

Molhes e Praia Brava
O acesso aos molhes da Barra será totalmente revitalizado. Ao longo dos quase 160 metros do “Caminho de Xinxiang” será feita a substituição do deck de madeira, drenagem, terraplanagem, proteção vegetal, passeio em concreto, passeio em pisograma, contenção com taludes e muro (gabião). A empresa LMR Engenharia tem o prazo de 180 dias para entregar a obra, licitada em R$ 445.883,19. Os recursos são da Caixa Econômica Federal, via Ministério do Turismo.

Na Praia Brava, o Município de Itajaí executará com recursos próprios a pavimentação da rua Claudio Souza Ferreira. A ordem de serviço também assinada hoje (05) contempla a pavimentação em paver (revestimento em concreto já utilizado no bairro) e a drenagem pluvial dos 237 metros. A obra custará R$ 197.078,02 e será executada pela NAJ Empreiteira.

Via expressa portuária
As famílias que moram na área de intervenção da Via Expressa Portuária, sem documentação do imóvel, serão reassentadas em unidades habitacionais. Hoje foi dada a ordem de serviço para construção de 24 casas modulares de 39,41 metros quadrados. Os imóveis ficarão nas ruas Agostinho Alves Ramos (Cordeiros) e na rua Paraná (Costa Cavalcante), em terrenos doados pelo município. A expectativa é que em 90 dias as primeiras famílias comecem a ocupar os imóveis.

De responsabilidade do Governo Federal, a Via Expressa Portuária é fundamental para o desenvolvimento dos setores logístico, portuário e de transportes de Itajaí. Com a remoção das famílias, a expectativa do município é que o primeiro trecho da obra (da BR-101 até a avenida Reinaldo Schhmithausen) seja concluído até o início do próximo ano. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.