Município de Itajaí garante direito à posse de imóveis após 12 anos de espera

0 34

Mais de 80 concessões de direito real de uso entregues no Dona Mariquinha, na noite de segunda-feira (02)

O Município de Itajaí garantiu o direito de moradia para 82 famílias no Loteamento Dona Mariquinha, no bairro Cidade Nova, nesta segunda-feira (02). Em cerimônia oficial no Centro de Educação Infantil Dayana Maria de Souza, os proprietários receberam as concessões de direito real de uso do projeto HBB Habitar Brasil Bid depois de 12 anos de espera .

O documento que legaliza a posse dos imóveis foi entregue pelo prefeito Volnei Morastoni. “Este é um documento de sessão e dá todos os direitos a vocês sobre a propriedade”, explicou Morastoni. “É com muita alegria que estou aqui. Ter uma moradia e um endereço certo é muito importante para a cidadania”, finalizou.

Dona Josete Domingas de Souza, 60 anos, moradora do projeto desde a primeira entrega em 2007, define o sentimento de alegria após anos de espera. “Dava a impressão que não íamos conseguir nunca mais o documento”, conta.

Para o diretor executivo de Regularização Fundiária, Cleiton Roberto Pereira, o processo de regularização é tão importante quanto a entrega de uma casa. “É a garantia de um sono tranquilo para as famílias”, avalia. O diretor explicou ainda que mais 17 moradores receberão o documento no Dona Mariquinha, que aguardam apenas a liberação de documentos. “Quando o governo assumiu, colocamos a entrega desse documento como prioridade”, conclui Cleiton.

O Loteamento Dona Mariquinha nasceu de um convênio entre o Município de Itajaí e o Programa Habitar Brasil Bid – HBB do Governo Federal. O contrato iniciou em 2002, com a primeira etapa concluída em 2007 na entrega de 59 casas, um centro comunitário, um centro de educação infantil e uma quadra de esporte. Em 2013, a segunda etapa com a entrega de 40 moradias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.