Na Semana do Meio Ambiente, Conasa faz o sonho de um jovem artista virar realidade

0 1.251

Lucas Oliveira Stinghen Santos, 16 anos, contou com o apoio da companhia de água e saneamento de Itapema para publicar um livrinho de educação ambiental, para colorir

“O meio ambiente está em perigo!”, afirma, categórico, o aluno do primeiro ano do ensino médio que resolveu tomar uma atitude de alerta. Lucas Oliveira Stinghen Santos, ágil nos traços desde os quatro anos, imaginou a história infantil “Vamos economizar água, amiguinho?” sobre a necessidade de cuidar dos recursos hídricos. Conta isso de forma lúdica e poética, ilustrada com desenhos para colorir. Mas queria que muitas crianças tivessem acesso à sua criação.

Com o trabalho pronto, buscou na Conasa Águas de Itapema o apoio que precisava para editar. “Ficou muito bom. Gostei da capa, do formato. Está bonito, agradável”, comenta Lucas, com uma certa timidez. Ao todo são 14 desenhos com os protagonistas Bárbara e Gabriel, crianças que aprenderam na escola a importância de racionalizar o uso da água. E que levam para casa este conceito, fazendo com que toda a família se atenha ao assunto. “É a minha forma de ajudar, para o bem estar do planeta”, sintetiza o jovem artista.

Autodidata, diz que começou a rabiscar sem pretensão e foi melhorando com o tempo. Ainda não se acha muito bom, mas criou um livro inteiro. Fez o roteiro, desenvolveu o enredo e ilustrou em preto e branco – para pintar. Diante da arte do adolescente, na época com 14 anos, a direção da Conasa Águas de Itapema prontamente assumiu o compromisso de imprimir e, assim, realizar o sonho do habilidoso garoto.

A pandemia não frustrou a ideia, apenas adiou um pouquinho. Agora, numa parceria da Faaci (Fundação Ambiental Área Costeira Itapema) com a Conasa nesta Semana do Meio Ambiente – que envolve ações com escolas e comunidade -, a obra ganha lugar de destaque.

O livrinho foi distribuído no Centro de Educação Infantil Maria Iracema Alexandre dos Santos, no bairro Morretes, dentro da programação Horta Feliz – projeto que contempla outros três núcleos infantis municipais, para ensinar as crianças a plantar verduras, temperos e ervas medicinais. E também será uma das atrações do evento que acontece sábado, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, na Biblioteca do Mercado Público. Neste dia, as pessoas poderão trocar livros por mudas de ervas medicinais, e ainda levar para casa o livrinho para colorir.

“Vimos uma oportunidade de incentivar o talento do Lucas e ao mesmo tempo reforçar a ideia da importância da preservação do meio ambiente”, comenta Denis Grassi, Superintendente de Operações da Conasa Águas de Itapema. Ele acentua que este é justamente o negócio da Companhia: “A Conasa já faz isso todos os dias. Esta é a nossa atividade, cuidar do meio ambiente. Não só entregamos água tratada. Também coletamos esgoto, tratamos devidamente e devolvemos ao meio ambiente de forma absolutamente adequada”.

Denis Grassi enfatiza que o meio ambiente é fundamental para a vida e a saúde de todos. E uma das formas mais notáveis que a Conasa enxerga é justamente envolver as crianças. Opinião compartilhada por Raphael Sargilo Saramento Voltolini, presidente da Faaci. “As crianças são as que ensinam educação ambiental aos pais, fazendo com que essas ações surtam bons efeitos. Por isso, essencial que projetos assim saiam do papel. E a Conasa é grande parceria. Reconhece a relevância e também sempre colabora com os programas ambientais da Faaci, numa parceria já de longo tempo”, finaliza Voltolini.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.