Natureza é inspiração de oficinas de dança em Balneário Camboriú

0 52

Além de criar movimentos artísticos, alunos receberam orientações sobre educação ambiental

A natureza e o meio ambiente foram temas de oficinas do projeto Inspirações Naturais, em Balneário Camboriú. A iniciativa, patrocinada pela Lei de Incentivo à Cultura do município, proporcionou para cerca de 20 crianças, entre 8 e 10 anos, aulas de educação ambiental e dança criativa inspiradas no movimento das plantas. A partir do estudo da vegetação e interação com o ambiente, os pequenos criaram desenhos e experimentaram expressões artísticas.

As ações fazem parte da contrapartida do projeto e ocorreram neste mês com alunos do Projeto Oficinas, nos bairros Municípios e Barra. As aulas foram ministradas pela engenheira agrônoma, paisagista e professora da Univali, Dalva Schuch, e pela bailarina, coreógrafa, pesquisadora, estudante de dançaterapia e proponente do projeto, Caroline Calcaterra.

Durante as oficinas de educação ambiental, as crianças fizeram o reconhecimento de espécies nativas e exóticas no entorno das escolas e ruas, descobriram o universo da botânica nos livros, desenharam uma das espécies encontradas e foram sensibilizadas sobre a importância da natureza e seus benefícios.

Após a aula ambiental, a bailarina Caroline Calcaterra propôs exercícios criativos de dança. Os alunos inspiraram-se nas formas de raízes e bromélias, além da escuta de sons naturais, para criação de movimentos artísticos. Também foi criada uma coreografia a partir da improvisação e do ritmo dos sons.

Sobre o projeto Inspirações Naturais

O projeto Inspirações Naturais é desenvolvido pela bailarina, coreógrafa e pesquisadora Caroline Calcaterra com o objetivo de valorizar o cenário natural e as belezas da cidade como inspiração para criação de um espetáculo de dança. A iniciativa, aprovada pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC 2019) da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, contempla uma pesquisa investigativa e o mapeamento dos diferentes biomas da cidade, incluindo a captação de sons.

O conteúdo foi captado pelo projeto no parque Raimundo Malta, Praia Taquarinhas, Sítio de Permacultura Nova Oikos Camboriú, Horta da Univali e área urbana central de Balneário Camboriú. Os achados nestes pontos irão inspirar a criação de coreografias de dança, sonoridades e figurinos. O resultado final será apresentado de forma digital e por meio de uma mostra-perfomance de dança contemporânea no Teatro Bruno Nitz, no dia 24 janeiro de 2020.

Para saber mais sobre o projeto, acesse o Instagram @InspiNat1.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.