O QUADRO DESANIMADOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM JOINVILLE

0 197

A crise no setor da construção civil vivida desde 2014, inércia de órgãos públicos e o embróglio da definição sobre o licenciamento ambiental, geram um quadro de total desânimo para aqueles que desejam empreender no segmento em Joinville.

Em uma apresentação realizada pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil – SINDUSCON – de Joinville, mostrou que investimentos de R$ 2,2 Bilhões estão sendo aguardados, e deverão ser gerados através de 77 Empreendimentos que ainda não estão liberados na cidade, tudo em função da falta extrema de agilidade por parte da Prefeitura Municipal de Joinville.

A entidade – SINDUSCON – se fez presente na última semana na Câmara de Vereadores, justamente para cobrar dos órgãos municipais, maior empenho e agilidade nestas liberações. Dados que levam em conta residências, incluindo prédios e estabelecimentos comerciais, de serviços, industriais e públicos, mostra que a metragem liberada para a construção civil está em declinio no município.

O Sinduscon atualizou dados sobre licenciamento e citou a autorização de 158,4 mil metros quadrados até Abril de 2019. A área, baseada em informações da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, é 21% menor do que a registrada no mesmo período do ano passado. Se a comparação recuar ainda mais, a diminuição é 36% em relação ao primeiro quadrimestre de 2017 e de 46% na comparação com 2016. Se comparada com o primeiro quadrimestre de 2014, ano que começou a crise no setor, a queda é de 61%.

JACKSON MAIER

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.