OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLICIAS DE SC E PARANÁ PRENDE AUTORES DE HOMICÍDIO EM PORTO BELO

0 113

A Polícia Civil de Porto Belo , com apoio da equipe TIGRE – Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial da Polícia Civil do Paraná prendeu na madrugada dessa quarta – feira (26) em São José dos Pinhais, no Paraná dois homens procurados pela justiça suspeitos pela morte de Carlos Cezar Faveri da Silva de 52 anos, que ocorreu no mês de abril deste ano num posto de gasolina , no bairro Perequê em Porto Belo.
A Operação foi deflagrada na manhã de ontem, terça – feira(25) para cumprimento dos mandados de busca e apreensão e de prisão, na residência de J.B. em Maringá . No local foi apreendido uma pistola calibre .380, com dois carregadores, um revólver calibre .38, diversas munições, além de duas placas de colete balístico.
Foram cumpridas buscas também nas cidades de Balneário Camboriú e Camboriú, contando com o apoio de policiais da DIC – Divisão de Investigações Criminais de Balneário e Camboriú e policiais das Delegacia de Polícia de Itapema, Porto Belo e Bombinhas.
Para a conclusão do inquérito os presos agora serão interrogados e a pistola apreendida na casa encaminhada para a perícia.

Entenda o caso.
No dia de 16/04/2021, às 14h48min ocorreu um homicídio qualificado, praticado mediante diversos disparos de arma de fogo em via pública, na cidade de Porto Belo, levando a óbito Carlos Cezar Favero da Silva, de 52 anos. O crime causou grande repercussão em razão da conduta dos autores, que perseguiram a vítima de carro desde a sua residência, por diversas ruas da cidade, efetuando disparos, eles chegaram a descer do veículo no pátio de um posto de gasolina efetuando os disparos, em meio a diversos populares que ali se encontraram.
No mesmo dia do crime, após investigações preliminares e representação pela expedição de mandado de busca e apreensão na residência da vítima, foi apreendido em poder de um familiar da vítima uma pistola .380 municiada, duas máquinas de contar dinheiro, bolsas e mala com reais e dólares, totalizando a quantia de R$ 4.130.000,00 (quatro milhões, cento e trinta mil reais).
Durante as investigações do homicídio apurou-se que a vítima estava envolvida com o tráfico de drogas, e que um dos autores do homicídio, J.B, de 20 anos de idade, trabalhava para a vítima, sendo que em dezembro de 2020 planejou e executou um roubo, levando mais de um milhão de reais da vítima, ocasião em que um dos assaltantes foi A.A.B, de 40 anos de idade, sendo ele também o autor dos disparos que mataram a vítima.
Após a conclusão das investigações, devidamente comprovada a autoria, materialidade e motivação do crime, através das imagens angariadas, prova testemunhal, da apreensão do veículo utilizado pelos autores e das perícias realizadas pelo Instituto Geral de Perícias, representou-se pela prisão preventiva de J.B e de A.A.B e pela expedição de mandado de busca e apreensão nas residências utilizadas pelos investigados.
Ainda, descobriu-se que J.B. estava escondido na cidade de Maringá.
Em contato com Policiais Civis da Seção de Furtos e Roubos de Maringá, foi possível descobrir a casa onde J.B. estava escondido.
A Delegacia de Polícia Civil de Porto Belo agradece pelo brilhante trabalho prestado pelos Policiais Civis de Santa Catarina, Policiais Civis do Paraná e Policiais Rodoviários Federais, resultando a união das forças policiais na prisão dos autores deste crime e apreensões de armas de fogo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.