Porto de Itajaí recebe prêmio nacional por boas práticas ambientais

0 860

Premiação da ANTAQ destaca eficiência no consumo de energia e monitoramento da fauna e flora local

Por seu bom desempenho em práticas ambientais durante o ano de 2018, o Porto de Itajaí alcançou o primeiro lugar entre os portos do Brasil na terceira edição do Prêmio ANTAQ, Agência Nacional de Transportes Aquaviários, órgão do Governo Federal. Na cerimônia de premiação, realizada em Brasília na quarta-feira (11), o Porto de Itajaí venceu na categoria Índice de Desempenho Ambiental (IDA), com 99,43 pontos alcançados nos 100 previstos no regulamento da premiação.

O Prêmio ANTAQ foi criado com o objetivo de reconhecer as empresas de navegação e instalações portuárias que procuram alternativas para melhorar os serviços prestados. Anualmente, são premiadas quatro categorias: desempenho ambiental – maior índice (IDA); qualidade no atendimento ao usuário; iniciativas inovadoras; e artigo técnico-científico. O Índice de Desenvolvimento Ambiental usa metodologia que avalia 38 indicadores, como licença ambiental, eficiência no consumo de energia e monitoramento da fauna e flora local.

“O Porto de Itajaí é sempre motivo de muita alegria para a nossa cidade, e é muito gratificante ver todo esse excelente trabalho ser reconhecido nacionalmente. Nós somos a prova de que é possível crescer junto com a comunidade, reduzindo o impacto causado por essa atividade e promovendo o bom relacionamento com o meio ambiente”, destaca o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Para o superintendente do Porto de Itajaí, o engenheiro Marcelo Werner Salles, o terminal sempre buscou crescer de forma sustentável, mantendo a preocupação com o meio ambiente. O controle de licenças, planos emergenciais, entre outros aspetos da atividade, são questões que a autoridade portuária monitora constantemente.

“Este prêmio mostra o resultado final do planejamento e do trabalho de todos os que assumiram o desafio de ver novamente nossa atividade portuária alcançar altos índices de crescimento, sempre aliada à responsabilidade ambiental. Nós saldamos compromissos sociais, estamos com todas as licenças para as obras de ampliação e manutenção em dia e fizemos todas as compensações que nos foram solicitadas”, garante Salles.

Ainda segundo o superintendente, a premiação é motivo de orgulho não só para quem trabalha no porto, mas para todo o município de Itajaí e estado de Santa Catarina. “Cravamos nossa bandeira lá na capital federal, mostramos a capacidade que a comunidade portuária tem de administrar e manter em pleno funcionamento o nosso terminal”, finaliza o gestor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.