PREFEITO ACOMPANHA IMPLANTAÇÃO DE NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

0 576

prefeito acompanha visita de verificador independente
Representante da Fipe esteve em Palhoça para avaliar andamento da implantação do novo sistema de iluminação pública

O prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, e a secretária de Administração, Cristina Schwinden, acompanharam a visita de representante da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ao Centro de Controle de Operações (CCO) da concessionária que está gerenciando a iluminação pública no município, em um inédito modelo de parceria público-privada (PPP) que virou referência no estado.

A Fipe atua, nesta equação, como um verificador independente, observando e avaliando o desempenho da concessionária. “A observação do verificador independente é um dos mecanismos que nós temos para garantir que a empresa está prestando o melhor serviço possível aos nossos cidadãos”, observa o prefeito.

A PPP já está em pleno funcionamento. O consórcio de empresas que venceu a licitação iniciou os investimentos em novembro, e até aqui, já instalou 8.800 novas lâmpadas em vários bairros da cidade. Gradualmente, o município todo vai passar a contar com um sistema mais moderno e eficiente, com lâmpadas de tecnologia LED, que ampliam a visibilidade e a segurança e embelezam a cidade, promovendo maior bem-estar social à comunidade.

Além da instalação das luminárias de LED, que têm manutenção simples e prática e proporcionam uma redução de mais de 60% na fatura de energia elétrica do sistema, a partir da PPP, a iluminação pública passa a ser monitorada através do Centro de Controle de Operações. “O CCO é onde a concessionária vai fazer o monitoramento do nosso parque de iluminação, de forma remota, usando a telegestão”, explica a secretária Cristina.

Com a telegestão, os profissionais que trabalham no CCO podem, por exemplo, mapear todo o parque de iluminação em um painel, onde cada ponto na tela representa uma luminária cadastrada; podem programar, remotamente, um horário para ligar e desligar uma luminária, por exemplo; quando um munícipe liga para avisar que tem um ponto apagado ou para fazer solicitação de manutenção, os controladores conseguem identificar, no mapa, onde está o ponto indicado; conseguem direcionar a equipe para o bairro que tem maior número de lâmpadas queimadas; entre outras tarefas pertinentes à operação do sistema. “Este é o conceito de uma cidade inteligente: usamos a tecnologia a nosso favor, a favor do município, para proporcionar maior qualidade de vida aos palhocenses”, elogia Freccia.

Redução de tarifa da Cosip

Hugue Studio Clinic 🇺🇸🇧🇷
Referência Nacional em Micropigmentação Capilar. Para agilizarmos seu atendimento informe por gentileza seu nome e sua cidade

Além de perceber os impactos positivos do novo sistema, o palhocense também vai sentir no bolso os benefícios da modernização do parque de iluminação pública. Isso porque as tarifas hoje pagas pelos munícipes pela Contribuição para o Custeio de Serviços de Iluminação Pública (Cosip) serão reduzidas.

O projeto de lei que estabelece os parâmetros para a primeira fase do processo de redução dos valores cobrados já está pronto e deverá ser protocolado na Câmara de Vereadores nas próximas semanas.

Maior PPP de SC

A modernização do sistema está prevista no programa de concessão de iluminação pública, estabelecido por meio da maior parceria público-privada (PPP) de Santa Catarina, que teve o aval integral do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC). O consórcio QLuz, formado pelas empresas Quantum Engenharia e Exati Tecnologia, venceu a licitação e é o responsável pelo serviço. “Palhoça é pioneira neste formato de contrato. Nosso projeto está servindo de exemplo para outros municípios catarinenses, pois tudo foi pensado em como transformar Palhoça em uma cidade mais inteligente, pagando menos por mês e tendo mais eficiência”, afirma a secretária de Administração, Cristina Schwinden.

Mais segurança

O contrato inclui otimização, expansão, operação e manutenção da rede de iluminação pública, e tem o objetivo de modernizá-la e garantir a melhor prestação deste serviço durante todo o período contratado. Pelos termos assinados, todas as lâmpadas da iluminação pública serão substituídas por equipamentos LED em até um ano e meio de execução do novo contrato.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.