Projeto de pesquisa e criação promove nove dias de programação na Casa da Cultura

0


O projeto Ações para Reexistir – Pesquisa e Criação Interdisciplinar conclui suas atividades a partir desta sexta-feira (26) com uma programação de quatro ações artísticas, em nove sessões que seguem até sábado (04), sempre às 19h e às 20h. Intitulado “Nevoeiro”, o conjunto de atividades acontece na Galeria Mauro Caelum (anexa à Casa da Cultura Dide Brandão), por meio de vídeo performances, rodas de conversa e leituras de dramaturgia. O evento é gratuito, com classificação indicativa de 18 anos e plateia limitada a 15 pessoas por sessão. A programação conta com acessibilidade em libras em três sessões.

O projeto foi realizado com o patrocínio da Fundação Cultural de Itajaí e do Município de Itajaí, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura ∕ Artes – Edição 2019, por meio da Fundação Catarinense de Cultura e do Governo do Estado de Santa Catarina.

Acompanhe a programação de “Nevoeiro” em Itajaí:

Topografia
26, 27 e 28 de novembro, às 20h
– Roda de conversa com Sandra Meyer e Daniel Olivetto no dia 26
Sinopse: Em um espaço em branco um homem recria sua casa e divide com o público um percurso de pesquisa sobre afetos, objetos, plantas e uma neblina que há de passar.

Desvir
29 de novembro, às 19h e 20h
– Roda de conversa com Hedra Rockenbach e Daniel Olivetto
Sinopse: Projeção mapeada, autorretratos, rachaduras e frestas. Os registros visuais de um processo em isolamento, mapeados no corpo de uma galeria em branco e suas janelas.

Touro ou porquê abraçar o bebê quando ele chora
01, 02 e 03 de dezembro, às 20h
Sinopse: Leitura de dramaturgia em processo A palavra ecoa no teto, nos post-its, nos objetos, no silêncio da casa, no terror e na pausa. “Touro” é um grito no papel.

Chernobyl
04 de dezembro, às 20h
– Roda de conversa com Loli Menezes e Daniel Olivetto
Sinopse: Vídeo-performance a partir de registros do processo de pesquisa e do cotidiano em meio ao isolamento social. “Chernobyl” funde ficção e realidade por meio de ações cotidianas que revelam um corpo em transição e esgotamento.

___________________
Informações adicionais:
Daniel Olivetto – (47) 9 9658-8714