Reeleição para prefeitos só com altos índices de aprovação popular

36

Eleições 2016, na nossa região há muitas candidaturas de vereadores e prefeitos, vamos falar um pouco  da reeleição, passou em comissão do Congresso Nacional o fim da reeleição, diga-se de passagem excelente decisão em favor da sociedade, portanto, temos na nossa região (Costa Esmeralda) três candidatura a reeleição, a do prefeito Rodrigo Costa (PSDB) Itapema, Ana Paula (Paulinha/PDT) em Bombinhas e do Evaldo Guerreiro de Porto Belo.

As candidaturas a vereadores passam de trezentos candidatos na Costa Esmeralda, hoje, 26 de agosto, somente as crianças com menos de três anos não tem ciência que estamos passando por uma profunda mudança no cenário político, sobretudo, na receptividade dos eleitores quanto aos planos de governo, podemos citar dois exemplo de governo e de cumprimento de ações e metas, vamos um caso; O candidato a prefeito de Porto Belo, Evaldo Guerreiro, conseguiu cumprir 85% das suas propostas de campanha de 2012, exemplo, todas as escolas municipais seu governo instalou  AR-CONDICIONADO,  já a candidata a reeleição de Bombinhas Ana Paula (PDT) viabilizou cerca de R$200 milhões em recursos a (fundo perdido) para (cuidar das pessoas e melhorar o futuro), nas suas realizações trouxe para a cidade investimentos para a educação valor na ordem de R$ 10 milhões para construção de uma escola de Primeiro Mundo, para atender em tempo integral, projeto modelo do Ministério da Educação em parceria com o governo bombinenses, em questão de infraestrutura não há o que se questionar,  centenas de rua pavimentada, rigor na transparência e a saúde respira sem ajuda de aparelhos, hoje, pode se dizer que os bombinenses tem saúde de qualidade. Sem comentário quanto a excelência do governo Paulinha/Paulinho tem aprovação, pela habilidade, eficiência e justiça social promovida por sua gestão.

Já em Porto Belo, aquele governo fez uma revolução na infraestrutura  pavimentou cerca de 80 ruas e avenidas, um feito histórico, sobretudo, conseguiu moralizar a gestão, pondo a casa em ordem, impedido a corrupção de servidores como em idos passado que prefeito e vice-prefeito foram indiciados e presos pela operação Bola de Neves, portanto, os moradores e eleitores de Porto Belo têm a oportunidade de fazer a escolha, “regredir ao passado negro e tenebroso ou permitir a continuidade da Gestão Evaldo Guerreiro, que governo com responsabilidade, equidade, sobretudo com técnica e profissionalismo.

Em Itapema, no caso da reeleição do candidato e prefeito Rodrigo Costa, já não temos as mesmas referencias, uma vez que a gestão seguiu a passos de tartarugas, e o amadorismo de sua equipe de governo resultaram em índices catastróficos, a exemplo da prisão de membros do seu governo pela operação Garoupa, Polícia do Ministério Público o  GAECO, entre outros desserviços como o cancelamento do Concurso Público por determinação do MPSC, feito com vícios e muitas irregularidades administrativas. A série de “primárice” e amadorismo seguiu por toda a gestão, citamos, a caso da Ação Penal que pode condená-lo a prisão, dispensa de licitação em que o prefeito Rodrigo Costa, mesmo sabendo e alertado sobre as irregularidades assinou a licitação 100/2013 a revelia da Lei, isso mostra a irresponsabilidade de um gestor com o trato responsável que exige do dinheiro do contribuinte, sobretudo, o flagrante desrespeitos a rito da Lei de Licitações que demanda técnica e profissionalismo.  Neste caso, não há nenhum prerrogativa factível para recomendar o governo Bolinha a reeleição, resta, portanto, aos eleitores fazer o seu julgamento nas urnas, se quer a sequência deste governo ou a alternância por um novo governo para que seja resgatada a credibilidade e o respeito de todos.

José Santana – editor e jornalista DRT3982/SC

Comentários estão fechados.