ROTA DO COBRE – VALLE DEL CACHAPOAL – CHILE

0 3.215

A Rota do Cobre é uma aventura com muita história e com um povo extremamente acolhedor. Gratas surpresas e alegrias tivemos por lá.

Você sabia que o Chile é o maior produtor e exportador mundial de cobre? Além de poder ver de perto um pouco da história do Cobre no Chile, a maior empresa do setor nos levou para trabalhar com esse metal em uma das Escolas de Ourives mais importantes do País. Tivemos o acompanhamento de perto na nossa guia Dai Cesaretti, que nos explicou em detalhes todo o processo de produção, muitas curiosidades do local e muitas histórias.

COYA

Durante nosso passeio pela Rota do Cobre, no Valle del Cachapoal, conhecemos principalmente a Comuna de Coya, com casas esculpidas nas pedras dos morros. Hoje essas casas coloridas são declaradas como zona típica e pitoresca, fazendo parte dos monumentos históricos e culturais.

Os bosques se estendem desde a Reserva Nacional dos Ciprestes e podemos ver muitas esculturas relatando a cultura e animais da região por exemplo, feitas com ciprestes encontrados depois de um grande incêndio. Hoje essa grandiosa árvore é totalmente protegida e já não se encontra muitas delas por lá.

A história de Coya vem desde os tempos coloniais, mas foi no século XX que ficou extremamente importante para o país. Fundada pelos Americanos e com forte influência maçônica, são encontradas também diversas casas com triângulos perfeitos. Coya era um dos lugares mais avançados da época, em comparação ao restante do país. Já tinha hidroelétrica, grandes acampamentos mineiros, sistemas de refrigeração nas casas e muito mais. Coya tem fisionomia colonial e cultura Chilena Norte Americana carregada de histórias do povo Cordilheiro.

A guia Dai nos contou tudo com tanta paixão, desde quando sonhava em conhecer a Cordilheira dos Andes quando era pequena, até o momento que cruzou aquelas montanhas pela primeira vez e conheceu o povoado de Coya.

ESCOLA DE OURIVES DE COYA

Já que estamos na Rota do Cobre, no Valle del Cachapoal, nada melhor do que aprender a trabalhar com ele. Denis, um querido professor do local nos dedicou toda a sua atenção, conhecimento e paciência para nos ajudar a moldar uma mini panelinha de cobre. Achei incrível essa experiência e minha panelinha ficou linda. Um lindo souvenir cheio de história e significado.

Curiosidade: Quem aí viu o filme da Mulher Maravilha com a incrível Gal Gadot? O bracelete que ela usou na premier do filme foi feito nesta escola.

Infelizmente não conseguimos visitar alguns pontos também muito interessantes por causa da Covid. Visitamos o lugar durante a pandemia e algumas coisas estavam fechadas. Quem sabe em um próxima oportunidade poderemos visitar uma mina de cobre, desbravar um pouco mais da Reserva Nacional Río los Cipreses (que abriga uma fauna incrível como por exemplo, pumas e o Louro Tricahue (um periquito lindo lindo que pudemos avistar por diversas vezes e ouvir o seu canto). O Museu de la Gran Minería del Cobre e a Casa 100 também já estão na minha lista para uma próxima visita.

A casa 100 também fica na comunidade de Coya, em Machalí e foi construída na década de 1920. Em 1971 ela passou a ser propriedade do governo do Chile e já teve diversos hóspedes como o Rei da Espanha, Fidel Castro, entre outros líderes e embaixadores extrangeiros.

Passeando um pouco mais por Coya, conhecemos a encantadora Bernardita e sua loja, a Coya com História. Ela também foi aluna da Escola de Ourives que visitamos e hoje é uma artesã maravilhosa. Pude “mexer” um pouco mais com esse material e aprendi a fazer umas texturas bem legais no cobre com ela. Trouxe vários imãs para casa também feitos por ela e todos de cobre.

Ah!! Tente encontrar o Alfajor da Miel & Canela Dulceria, simplesmente o melhor que já comi até hoje.

ONDE FICAR HOSPEDADO PARA FAZER A ROTA DO COBRE – VALLE DEL CACHAPOAL

O local ideal para fazer de base para o seu passeio pela Rota do Cobre é o Hotel Piedra Verde em Machalí. Um hotel que foi todo projetado no estilo industrial e com diversas referências aos grandes mineiros que movimentam muito a economia da região e do país. 

O Restaurante Las Higuieras, comandado pelo Chef Andre é incrível! Tivemos um jantar maravilhoso e fazia tempo que eu não comia uma costelinha de javali tão gostosa. Na verdade, todos os pratos que provamos estavam maravilhosos. Caso esteja somente de passagem pela Rota do Cobre, vale a pena também uma parada lá para almoçar ou jantar.

Saiba mais sobre o Hotel Piedra Verde Machalí aqui


Gostou das informações? Quando for viajar, planeje sua viagem por aqui! Você garante os melhores preços do mercado e descontos, e ainda me ajuda a manter o Blog Conhecendo o Mundo.

Este post é resultado de uma parceria comercial com o blog Conhecendo o Mundo. Ressaltamos que praticamos parcerias comerciais apenas com empresas das quais os serviços já vivenciamos e aprovamos. Tão somente, publicamos informações que acreditamos serem relevantes para você. Entenda à política de monetização do blog Conhecendo o Mundo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.