TIÃOZINHO DA MOCIDADE

Cantor, Compositor, Conselheiro do Museu do Samba, Conselheiro e Diretor Cultural do G.R.E. Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, Diretor Cultural e Artístico da Velha Guarda da Mocidade e Membro do Conselho de Samba do Rio de Janeiro. É afilhado da Elza Soares no mundo do samba. Hoje os baluartes do samba carioca o elegeram a voz e a identidade musical da Zona Oeste do Município do Rio de Janeiro – Brasil. Vencedor de cinco sambas de enredos pela Escola de Samba M.I.P. Miguel, sendo três obras consagraram a agremiação como campeã do carnaval na avenida. Venceu também no carnaval de Manaus, Tocantins e São Paulo. No exterior ajudou a fundar escolas de sambas na França, Finlândia e Suécia.
Atualmente esta trabalhando para mais uma fundação no Canadá.
Esta é a contribuição de Tiãozinho da Mocidade para divulgar o que há de melhor na cultura carioca o nosso SAMBA.
Realizações como compositor da G.R.E.S. Mocidade Independente de Padre Miguel
Sambas vencedores – Desfile Oficial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro:
1983 Como Era Verde o Meu Xingu.
1985 Ziriguidum 2001 Carnaval nas Estrelas.
1986 Bruxaria e Histórias do Arco da velha.
1990 Vira Virou a Mocidade Chegou.
1991 Chê Chuá, as Aguas Vão Rolar.
Realizações como compositor – outras escolas de samba
1986/1987 G.R.E.S. Unidos de São Carlos – São Paulo
1987 G.R.E. S Ecologia – Tocantins
1994 G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha – Rio de Janeiro
1995/1999 G.R.E.S. Gaviões da Fiel – São Paulo
1996 G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha – Rio de Janeiro
1995 G.R.E.S Mocidade Independente de Ipixuna – Manaus.
1996/1997 G.R.E. S Coroado – Manaus (Bi-campeão do carnaval)
2007 G.R.E.S. Piratas da Batucada – Amapá
2007 Escola de Samba Flor da Idade – Secretaria Especial de Qualidade de Vida – Prefeitura Rio de Janeiro.
2014 Calgary – Canadá – compôs especialmente para carnaval
2015 Escola de Samba Unidos de Londres – Londres
Realizações como compositor campeão e Fundador das Escolas de samba no exterior
1987 Escola de Samba Unidos de Ludivika – Suécia
1999 Escola de Samba Unidos da Roseira – Finlândia
2000 Ecole de Samba Tuc – França
Atividades Realizadas entre os anos 2012 a 2014
• Compôs o samba enredo para Escola de Samba Unidos de Londres para carnaval de 2014. Foi jurado de samba das escolas de samba de Portugal.
• Idealizador e apresentador do projeto Conversa de Sambista é Samba cujo objetivo é cantar a vida e obra do baluartes que fizeram do samba um patrimônio cultural brasileiro, nesta edição ele divide o palco ao lado de Noca da Portela e Zé Katimba.
• Foi um dos entrevistados para revista do samba no artigo Vozes do Samba: Memória e Identidade dos Sambistas Carioca promovido pelo Centro Cultural Cartola com apoio do IPHAN.
• Seu samba Chuê Chuá foi escolhido para ser o samba que norteia o Carnaval da Argentina.
• Fez show na escola de samba Mocidade Independente do Coroado – Manaus.
• Gravou o programa Na Levada do samba na TV NGT-RIO.
• Gravou o programa Samba na Gamboa ao lado do Andrezinho.
• Gravou na TV Boa Vontade Canal Brasil Programa Samba e História.
• Gravou o Programa Jorge Perlingeiro.
• Gravou depoimento na TV WEB Programa Fala Favela na TV Educativa.
• Comandou o Pré – Carnavalesco de 2014 na Gafieira Elite.
• Foi Jurado das Escolas de Samba Grupo Especial, na Cidade de Canoas no Rio Grande do Sul.
• Exportou o Samba brasileiro para cidade de Calgary no Canadá, apresentando o seu show Pra Falar de Samba tem que falar de Padre Miguel também.
• Fez Show ao lado de Dona Ivone Lara e convidados no Projeto Samba Pascoal – lona Cultural Hermeto Pascoal – Bangu.
• Fez show com a Velha Guarda da Mocidade no SESI Cultural – Projeto Haroldo Costa em Samba e Outras Coisas.
• Comandou sua Roda de Samba Ziriguidum 2011 na Gafieira Estudantina Musical.
• Show no Clube Monte Líbano – RJ.
• Ministrou palestra sobre samba e fez show na 9º Semana de Museus História da África e Afro Brasilidade no MHN – Museu Histórico nacional no RJ.
• Fez show Pra falar de samba tem que falar de Padre Miguel também no Cepel – Eletrobrás RJ.
• Fez show Pra falar de samba tem que falar de Padre Miguel também Clube ASE – Juiz de Fora.
• Foi jurado de samba enredo do Bloco da FINEP – Rio.
• Foi entrevistado no Espaço Cultural Estação Monsueto – Rádio Ziriguidum.
• Jurado desde o 3º Concurso de samba de Quadra do RJ promovido pela Radice Produções e eventos.
• Cantou no projeto Varandão Musical – Lona Cultural Hermeto Pascoal – Bangu.
• Fez show no Rio Scenarium.
• Fez show no Estância do Samba.
• Capitaneou o projeto Botequim da Rua Larga no Centro Cultural Light.
• Dividiu o palco com Monarco no Projeto Roda do Samba Urbano na Sala Baden Power.
• Participação especial na Roda de Samba Os Caetanos.
• Comandou a Velha Guarda da Mocidade com show samba para os namorados no Clube ASE de Juiz de Fora – MG.
• Participou do projeto 3 bambas do Samba ao lado de Marquinhos PQD e Beto Correia no Centro de Convivência de Padre Miguel.
• Cantou ao lado de Glaucea e Grupo Nossa Raiz no dia internacional do samba em São Paulo.
• Fez show o Pra Falar de Samba Tem que Falar de Padre Miguel também no Rio Scenarium.
• Fez show no Favelas ao lado do Grupo Batuk d`Gueto no Projeto Encontro de Gerações na Lapa.
• Participou do Criolice homenageando o Fundo de Quintal.
• Cantou ao lado do Reinaldo o Príncipe do Pagode no show na fazenda São Bento em São Paulo.
• Atualmente trabalhando no novo show Conversa de Sambista é Samba.
• Foi convidado especial da Roda de Samba de Partido Alto seguida da Roda de Conversa, gravado ao vivo, pelo Programa Universidades de Bambas, elaborado pela parcerias UERJ, Radio Nacional e Rede Carioca das Rodas de
Samba em Outubro de 2017 no Teatro da UERJ.
• Foi convidado para compor a Mesa de Debates durante o Seminário Escolas de Samba ( história pública, saberes e arte) no quesito Composição, competição e performance na UFF no Campos Gragoatá em 08/11/2017.
• Recebeu homenagem do Site Carnavalesco em 18/11/2017, pelo Dia da Coinsciencia Negra onde também se apresentaram as baterias das Escolas de Samba: Mocidade, Unidos de Padre Miguel e Beija-Flor de Nilopolis no Clube dos Sargentos da Vila Militar.
• Foi convidado juntamente com a Velha Guarda da Mocidade e ambos homenageados com uma comenda pelo responsável da Organização do Evento com a finalidade de comemorar o Dia de Zumbi dos Palmares. Tiaozinho comandou a Roda de Samba cantando e contando alguns de seus antologicos sambas campeões do Carnaval, onde todos saborearam uma feijoada, Roda de Capoeira, artesanatos, e a contação de historias da época da escravidão.
• Tiaozinho realizou em novembro a ultima Roda de Samba, chamada Quintal do Tiaozinho, literalmente, realizada no quintal em Bangu, regado a Samba, Bossa e Chorinho de 2017, que já faz há mais de seis meses, em parceria com o Fabio Paschoal e músicos do Grupo Samba na Praça, com feijoada e uma forma de poder juntar os amigos e rever a todos.
• Tiaozinho comemora os 32 anos de existência do Samba antológico Ziriguidum, 2001 e neste último domingo de novembro comunicou a todos que sua Biografia será desenvolvida e escrita pelo Biógrafo e Prof. Luiz Ricardo Leitão, da UERJ, responsável pelo acervo da Matrizes do Samba da Universidade, e está muito feliz.
• Foi convidado pelo CANAL FUTURA da Globosat, para entrevista e um pouporri de seus sambas enredos antologicos que marcaram historia exibido no ultimo dia 12/02/2018, e acessado pelo Site a qualquer momento para quem desejar assistir.
• Realizou a abetura do Baile de Carnaval a convite de uma parte da Sociedade de São Jose dos Sampos no Espaço Sao Jorge, com Baile de Marcaras e Marchinas, lembrando o carnaval tradicional e encerrando com Sambas autorais e Sambas mais conhecidos de vários carnavais.
• No primeiro dia do Carnaval, sábado dia 10/02/2018, realizou Show no Terreirão do Samba a convite da Secretaria da Cultura em Projeto como convidado da Roda de Samba e da Grupo Arruda, enaltecendo os Sambas de Todos os Tempos autorais e da Mocidade Independente de Padre Miguel, a vencedora do carnaval da Sapucai em 2017.
. Tiãozinho da Mocidade compôs a Mesa de Discussão sobre Samba de Enredo no Arquivo Nacional elaborado pelo Jornalista Fred Soares como mediador, Claudio Russo. Compositor, Luiz Simas, Ricardo Cravo Albim.

Comentários estão fechados.