Vereadores discutem projeto que autoriza gastos com o Congresso dos Gideões

116

O projeto de lei que autoriza o Executivo a custear os gastos com a infraestrutura do Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora foi tema de debate durante uma reunião, nesta quarta-feira (08). Os vereadores falaram sobre o tema com o diretor administrativo Leonardo Teixeira, que participou do encontro para esclarecer dúvidas sobre o assunto.

O projeto, que chegou na Câmara para ser analisado pelas comissões, autoriza que a prefeitura invista até R$320 mil reais na infraestrutura do evento, como aluguel de cadeiras, tendas, banheiros químicos, avaliação de palco, etc. A ideia, conforme Leonardo explica, é fazer uma economia de até 30% e não gastar todo o valor disponível.

“A expectativa é de que o município arrecade até R$800 mil reais com alvarás. Os comerciantes comprovadamente também lucram com o evento, ou seja, o Congresso traz um impacto positivo muito grande para Camboriú”, comenta.

Comentários estão fechados.